Email: Roseli Abrão






Blog: sexta-feira, 13 de dezembro de 2019

16:28:30

Arruda quer destravar Linha Verde

O pré-candidato do MDB à Prefeitura de Curitiba nas eleições do ano que vem, João Arruda, defendeu nesta sexta-feira o que chama de "destravamento" dos 22 quilômetros da Linha Verde para agilizar o tráfego e trânsito em pelo menos 25 minutos.

João Arruda adiantou que o arquiteto Forte Neto, ex-secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, está elaborando um estudo para a Fundação Ulisses Guimarães para diminuir "o transtorno do tempo de percurso".

-- A proposta em execução é fazer nove obras nas transposições, trincheiras e viadutos, que vão substituir os semáforos e com reduzir o tempo de percurso do Pinheirinho ao Atuba. Vai diminuir também o tempo de espera das transversais, tempo de espera e mais segurança de motoristas que atravessam por essas vias, disse João Arruda.

A redução do tempo no tráfego na Linha Verde, segundo Arruda, além de agilizar o trânsito e assegurar mais conforto, segurança e comodidade aos moradores, vai diminuir a emissão de poluentes em todo trecho de sul ao norte de Curitiba.

-- O carro produz mais poluentes quando está parado. Essas obras também vão ajudar a economia como um todo, vai dinamizar o consumo de bens e serviços na linha verde, afirma.

Plano de governo

Para o pré-candidato emedebistas "essas intervenções são fundamentais no plano de mobilidade de Curitiba .Todo estudo, vamos apresentar de forma mais detalhada nos próximos dias", adiantou.

Nos últimos três anos, reafirma João Arruda, as obras na Linha Verde estavam praticamente paradas e somente agora, às vésperas da eleição, foram reiniciadas, mas ainda não devem ficar prontas em 2020. O pré-candidato tem se reunido semanalmente com Forte Neto para avaliar detalhes da obra e os custos de novas intervenções.

-- A Linha Verde vai estar no plano de governo e a prioridade será a conclusão, incluindo as trincheiras e viadutos para aliviar os engarrafamentos constantes, disse.

Linha Verde

A Linha Verde é o 6º eixo de transporte e de integração viária de Curitiba. São 22 quilômetros de extensão ligando Curitiba do Sul ao Norte desde o Pinheirinho ao Atuba, passando por 22 bairros numa área de abrangência de 287 mil moradores. A Linha Verde começou a ser construída em janeiro de 2007, no trecho sul, e desde então as obras vão de trecho em trecho.






Blog: terça-feira, 10 de dezembro de 2019

07:20:08

Datafolha

Para 54%, libertação de Lula foi justa

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira aponta que a maioria da população considerou justa a soltura do ex-presidente Lula no início de novembro.

De acordo com o levantamento, publicado pela Folha de S. Paulo, 54% dos entrevistados entendem que a libertação do petista foi justa, ante 42% que a consideram injusta.

A pesquisa ouviu 2.948 pessoas entre os dias 5 e 6 de dezembro em 176 municípios pelo país. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos.

O ex-presidente pôde voltar à liberdade graças à decisão do Supremo Tribunal Federal que mudou antigo entendimento da corte e considerou inconstitucional a prisão de réus condenados que ainda tenham recursos pendentes em cortes superiores, como é o caso do petista.

Confiança

O Datafolha também questionou os entrevistados sobre se eles confiam nas declarações do ex-presidente.

Os que dizem não confiar nunca somam 37%, enquanto outros 25% afirmam que sempre confiam. Afirmam que às vezes têm confiança no que fala o ex-presidente 36%.

Bolsonaro

Segundo a Strong>Folha de S. Paulo, o instituto também perguntou aos entrevistados sobre o grau de confiança em declarações do presidente Jair Bolsonaro.

O resultado foi mais desfavorável ao atual presidente: 43% disseram nunca confiar no que Bolsonaro diz e outros 37% afirmam que às vezes confiam. Disseram confiar sempre 19%.

Por região

Na divisão por regiões, segundo a Folha o respaldo ao ex-presidente é maior no Nordeste, onde 71% afirmaram que a libertação é justa.

No Sul e no Sudeste, a corrente que entende que a saída da cadeia é injusta está numericamente à frente, por 49% a 47%, mas dentro do limite da margem de erro.

Na comparação com pesquisas feitas anteriormente pelo Datafolha sobre a prisão do petista, os números indicam uma mudança favorável ao ex-presidente, em que pese a formulação das perguntas ter mudado nesses levantamentos.

Em julho deste ano, já após as primeiras reportagens do Intercept, o Datafolha questionou os entrevistados a respeito da condenação de Lula no caso tríplex. Disseram que a decisão era justa 54%, ante 42% que a consideravam injusta.

Em abril de 2018, logo depois de o ex-presidente ser preso em decorrência da condenação, a prisão também era considerada justa por 54% dos eleitores ouvidos.







Blog

Eleições & mídias sociais

Recesso

Voto impresso

Greca lidera, mas maioria está indecisa

Greca lidera, mais maioria está indecisa

Arruda quer destravar Linha Verde

Três votos contra a privatização da água

Moro tentou salvar “Moro de saias”

Unidade Popular, o 33º partido

Acordão salva Boca Aberta de cassação

Em pauta

Tecnologia não substitui agente de viagem na hora da compra

Flyworld realiza quarta convenção nacional de franqueados

TCP lidera movimentação de contêineres no Sul do Brasil

Marketing online é decisivo para sucesso de negócios em franquias

Flyworld inaugura terceira unidade no Rio Grande do Sul

TCP investe em 30 projetos ambientais em 2018

TCP finaliza obras de ampliação do cais de atracação

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Copyright © roseliabrao.com

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site