Email: Roseli Abrão


Blog: sexta-feira, 30 de setembro de 2016

12:03:19

O debate e as propostas, segundo Fruet

O prefeito Gustavo Fruet faz, nas redes sociais, uma análise do que foi o último debate entre os candidatos à Prefeitura de Curitiba, ontem à noite, na RPC.

Mais do que isso – e mesmo sem citar nomes – se espanta com algumas propostas, o que o leva a crer que alguns concorrentes desconhecem a realidade da cidade e da administração.

Para ele, houve desinformação sobre assuntos importantes, o que, afirma, é uma “falha imperdoável para quem quer ser prefeito”.

Exemplos

Fruet cita, por exemplo, que um candidato disse que quer ver Curitiba com o melhor ensino básico do país.

-- Pois o Ministério da Educação já confirmou isso, com o índice do Ideb. Estamos em primeiro lugar, graças ao investimento de R$ 1,6 bi em educação. Mesmo num período de crise, avançamos no que é essencial, atesta.

Outra proposta jogada ao vento, segundo ele, é a que propõe diminuir a tarifa do transporte coletivo em três meses.

-- Nesta nova forma de se fazer política, com transparência e responsabilidade, não há mais espaço para ilusões. A “caixa preta” da Urbs foi aberta em nossa gestão. A composição da tarifa técnica é conhecida desde 2013. Temos a menor tarifa do Brasil em relação ao salário mínimo. Prometer o que não se pode cumprir é um desrespeito ao eleitor, pondera.

Sobre moradores de rua, que foi um dos focos de debate nesta campanha, Fruet aponta “mais erros”.

-- Não são 230 vagas disponíveis em albergues, mas 1.115. Em espaços dignos e preparados para atendimentos específicos – crianças, idosos, população LGBT – e não em um “depósito” de pessoas como o que havia na Conselheiro Laurindo. E que pretendem reabrir. lamenta.


Blog: sexta-feira, 30 de setembro de 2016

10:57:38

Eleição para vereador tem novas regras

Para ser eleito vereador nas eleições do próximo domingo o candidato terá que alcançar 10% do quociente eleitoral. É o que estabelece a nova regra estabelecida no ano passado.

A mudança tem impacto especial sobre o voto em legenda – quando o eleitorado não escolhe uma candidatura individual para Câmara Municipal e vota diretamente em um partido, informa o site BrasilDeFato.

Pela nova regra, as vagas são determinadas dividindo-se a quantidade de votos que a coligação recebeu pelo quociente eleitoral, este último, definido pela divisão do total de votos válidos na eleição, pela quantidade de cadeiras na Câmara.

Se uma coligação recebe, por exemplo, uma quantidade de votos equivalente ao dobro do quociente, teria direito as duas vagas. Neste exemplo, no modelo válido até as eleições passadas, seriam eleitos os dois candidatos mais bem votados da coligação.

Assim, os votos em legenda são contabilizados junto aos nominais no cálculo de votos totais na coligação.

O BrasilDeFato destaca que essas regras continuam valendo, mas com um filtro. No exemplo, os dois candidatos mais bem votados só seriam eleitos se tivessem atingido cada um, ao menos, um número de votos equivalente a 10% do quociente. Se não alcançarem esse patamar, ainda que o partido ou coligação tenham atingido o quociente eleitoral, estes podem acabar sem eleger ninguém.

Justificativa

Uma das justificativas para a alteração é garantir uma maior representatividade aos candidatos eleitos. A mudança, entretanto, levou agremiações com índices altos de votação em legenda a iniciarem uma campanha informativa pedindo aos seus eleitores a escolherem a votarem nominalmente.

Em entrevista ao site, o assessor do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, Marcos Verlaine, avalia que a inclusão desse limite está na contramão das necessidades políticas do país.

-- O argumento para essa mudança foi evitar a ocupação de cadeira por candidato não representativo. Esse argumento é falso, critica.

A lógica da proporcionalidade, neste tipo de eleição, deveria fortalecer justamente o aspecto partidário.

-- É uma mudança que não contribui para o aprofundamento do debate político. O voto no candidato personaliza o processo eleitoral. O processo eleitoral precisa ser despersonalizado com partidos. A democracia é construída com partidos, não com candidatos, disse Verlaine ao site.










Blog: quarta-feira, 28 de setembro de 2016

16:21:32

Campanha em Curitiba arrecadou R$ 4,3 milhões

A três dias das eleições, os candidatos a prefeito de Curitiba arrecadaram R$ 4,3 milhões. O maior volume arrecadado foi do candidato do PMN, Rafael Greca, com R$ 1,5 milhões. Greca foi também quem pôs mais dinheiro do bolso, R$ 600 mil.

O prefeito Gustavo Fruet, do PDT, que concorre à reeleição, é o segundo neste ranking, tendo arrecadado R$ 859 mil. Desses, R$ 804 mil foram doações de pessoas físicas.

Depois de Fruet, a candidata do PP, Maria Victória, que arrecadou R$ 835 mil: R$ 493 mil doações de pessoas físicas e R$ 342 mil de doações de partidos. Ao contrário dos demais candidatos, Victória não desembolsou nenhum recurso próprio para a campanha.

O quarto em arrecadação é o candidato do PSD, Ney Leprevost: R$ 445 mil – R$ 323 mil com doações de pessoas físicas e R$ 121 mil de recursos próprios.

Requião Filho, do PMDB, arrecadou R$ 280 mil: R$ 187 mil com doações de partidos; R$ 44 mil de pessoas físicas e R$ 49 mil de recursos próprios.

Tadeu Veneri, do PT, arrecadou R$ 260 mil, o maior volume veio de pessoas físicas – R$ 128 mil e R$ 68 mil de recursos próprios.

Ademar Pereira, do pros, arrecadou R$ 158 mil. Desses, R$ 156 mil são recursos próprios e R$ 2,6 mil de doações de pessoas físicas.

No fim desta lista, Xênia Mello, do Psol, que arrecadou apenas R$ 23 mil, R$ 22 mil de doações de pessoas físicas e R$ 1 mil de seu próprio bolso.

Afonso Rangel, do PRP, que teve sua candidatura indeferida pela Justiça Eleitoral, não fez prestação de contas.






Blog

O voto dos candidatos

O debate e as propostas, segundo Fruet

Eleição para vereador tem novas regras

Dilma volta a pedir anulação do impeachment

Fruet pede impugnação da pesquisa Opinião

Só mulheres

Foi trote?

UFPR elege novo reitor

Quase a unanimidade

Greca na frente, segundo Opinião

Em pauta

TCP inaugura armazém de exportação e oferece novos serviços

TCP Log inicia movimentação de equipamentos destinados à fábrica de celulose da Fibria no Mato Grosso do Sul

TCP investe em ampliação da frota de veículos

Gestão de Fluxos garante confiabilidade na operação Porta a Porto da TCP

APM comemora 37 anos

TCP Log recebe carga projeto de 120 toneladas

Tragédia de Mariana

Exportação de grãos por contêiner cresce 90% na TCP

Picadinho cultural

Novos acadêmicos

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

Telefones para contato:
(41) 3367-2466 / 3367-3544


Publicidade


Publicidade


Copyright © roseliabrao.com | 2011

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site