Email: Roseli Abrão

Blog: terça-feira, 23 de outubro de 2018

10:00:47

A nova Câmara

A Agência Câmara publicou uma série de reportagens sobre como será a nova Câmara dos Deputados a partir de 1º de fevereiro de 2019. Entre os 513 deputados eleitos para a próxima legislatura, 415 ou 80,9% têm ensino superior completo.

O grau de instrução é semelhante ao dos eleitos em 2014.

Já 43 deputados (8,38%) têm ensino médio completo, enquanto 37 (7,21%) têm ensino superior incompleto.

Dez (1,95%) dos novos deputados têm ensino fundamental completo; 5 (0,97%) têm ensino fundamental incompleto; e 2 (0,39%) têm ensino médio incompleto. Um dos deputados eleito apenas lê e escreve.

Herdeiros

Diversos filhos e netos de políticos tradicionais em seus estados foram eleitos deputados federais no dia 7 de outubro. O caso mais curioso ocorreu em Pernambuco, que elegeu dois herdeiros do ex-governador Miguel Arraes.

O mais votado é João Campos (PSB), bisneto de Arraes e filho do ex-governador Eduardo Campos, morto em um acidente de avião na campanha presidencial de 2014. Em segundo lugar está Marília Arraes (PT), prima de João Campos.

Filho do candidato a presidente Jair Bolsonaro, Eduardo Bolsonaro (PSL), foi reeleito deputado federal com a maior votação do País. A família Bolsonaro conquistou ainda uma cadeira no Senado pelo Rio de Janeiro.

No Amapá, o campeão de votos é Camilo Capiberibe (PSB), filho do ex-governador João Capiberibe (PSB) e da deputada federal Janete Capiberibe (PSB).

A candidata a deputada federal mais votada do Distrito Federal é Flávia Arruda (PR), mulher do ex-governador José Roberto Arruda, que está inelegível pela Lei da Ficha Limpa.

O Espírito Santo elegeu Doutora Soraya Manato (PSL), mulher do atual deputado Carlos Manato (PSL), que se candidatou ao governo do estado.

O mais votado no Tocantins é Tiago Dimas (SD), filho do prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas.

A Bahia elegeu entre os mais votados do estado Otto Alencar Filho (PSD), filho do senador Otto Alencar, presidente do PSD baiano.

No Paraná, foi eleita Luisa Canziani (PTB), filha do atual deputado Alex Canziani (PTB), que perdeu a disputa para o Senado.

No Piauí, o casal Iracema Portella (PP) e Ciro Nogueira (PP) se reelegeu. Ela é deputada federal e ele é senador. O estado também reelegeu como mais votada a deputada Rejane Dias (PT), mulher do governador Wellington Dias (PT), que também se reelegeu.

Rondônia elegeu Jaqueline Cassol (PP), irmã do ex-governador e ex-senador Ivo Cassol (PP).

Políticos profissionais

A maioria dos eleitos para a Câmara dos Deputados na legislatura 2019-2022 declarou ao Tribunal Superior Eleitoral exercer a própria profissão de deputado. Entre os 513 eleitos, são 236 os que se declararam políticos profissionais.

Os empresários vêm em segundo lugar, com 51 deputados eleitos. Advogados ocupam a terceira posição, com 39 eleitos. Servidores públicos são 20; médicos, 19.

A lista traz ainda 17 professores, 14 administradores e 13 jornalistas.

Os demais se intitularam aposentados, magistrados, entre outros.

Idade

Entre os 513 deputados eleitos para a nova legislatura na Câmara dos Deputados, a mais nova é a deputada Luiza Canziani (PTB-PR), com 22 anos. Filha do deputado Alex Canziani (PTB-PR), Luiza é estudante de Direito e vai ocupar o primeiro cargo eletivo.

Também tem 22 anos o deputado eleito por São Paulo Kim Kataguiri (DEM), ativista político e coordenador do Movimento Brasil Livre (MBL) também é estreante em cargos eletivos.

28 deputados têm menos de 30 anos.

A parlamentar mais idosa na nova Câmara será a deputada reeleita Luiza Erundina (Psol-SP), que tem 83 anos e vai iniciar o sexto mandato consecutivo. O deputado Mauro Lopes (MDB-MG) também foi reeleito e, aos 82 anos, vai iniciar o sétimo mandato consecutivo.

Mandatos

Três deputados estão no topo da lista de longevidade no cargo. Átila Lins (PP-AM), Átila Lira (PSB-PI) e Gonzaga Patriota (PSB-PE) foram eleitos para o oitavo mandato na Câmara dos Deputados, acumulando 28 anos de experiência no Legislativo.

Os novatos, por outro lado, ultrapassam 200 nomes, que assumirão em fevereiro do ano que vem o primeiro mandato na Câmara dos Deputados.

Três deputados estão no topo da lista de longevidade no cargo. Átila Lins (PP-AM), Átila Lira (PSB-PI) e Gonzaga Patriota (PSB-PE) foram reeleitos para o oitavo mandato na Câmara dos Deputados, acumulando 28 anos de experiência no Legislativo federal.

São oito os deputados que vão acumular o sétimo mandato. Nomes como o do líder do Psol, Ivan Valente (SP), e do deputado Claudio Cajado (PP-BA). Os reeleitos para o sexto mandato são 18; para o quinto mandato, 24; para o quarto mandato, 32; e para o terceiro mandato, 81.

O maior grupo entre os reeleitos vai assumir o segundo mandato: são 104 parlamentares nesta fatia.

Eles somam os 251 deputados reeleitos, que representam 56,5% da composição da Câmara na próxima legislatura. Também foram eleitos 19 ex-deputados de legislaturas anteriores (3,7%).

Primeiro mandato

Os outros 243 (47,37%) vão ocupar o primeiro mandato na Câmara dos Deputados. Deste conjunto, fazem parte estreantes em cargos eletivos, como a jornalista Joice Hasselmann (PSL-SP) e o ativista Kim Kataguiri (DEM-SP); deputados estaduais que chegaram à Câmara, como Wagner Montes (PRB-RJ); e até mesmo senadores que disputaram uma vaga na Câmara, caso de Gleisi Hoffman (PT-PR).












Blog: quarta-feira, 17 de outubro de 2018

11:52:17

Começa a transição

O governador eleito do Paraná, Ratinho Júnior, foi hoje ao Palácio Iguaçu para, com a governadora Cida Borghetti, dar inicio à transição do governo.

Antecedendo ao encontro, a governadora Cida Borghetti assinou decreto estabelecendo as normas e procedimentos para o processo de transição.

O decreto (n° 11.397/2018) tem, segundo a governadora, o objetivo organizar a transição e garantir transparência nas ações e informações repassadas ao governador eleito.

Transição

No decreto, a governadora Cida Borghetti considera a importância da continuidade dos serviços públicos fundamentais aos cidadãos.

Ele segue o modelo instituído pelo Governo Federal, que assegura a transferência de dados fundamentais para facilitar o desenvolvimento de programas e projetos de Estado.

De acordo com o texto do decreto, o processo de transição governamental tem início no primeiro dia útil do mês de dezembro do ano das eleições e se encerra com a posse do eleito.

Pelo decreto, pode ser constituída uma equipe de transição, com até dez membros, sendo cinco representantes da governadora e cinco do governador eleito.

O chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico, vai coordenar os trabalhos relacionados ao período.

Segundo a governadora, o decreto estabelece o compartilhamento de informações e que está sendo zelado o interesse público e assegurada a transparência da gestão pública independente do governante.






Blog

Um coronel do Exército no DER

O novo diretor da APPA

Primeiro projeto de Ratinho chega à Alep

Projeto é arquivado na Câmara

Daniel Pimentel na Copel

Ordem do Pinheiro

Os novos prefeitos

Novas eleições

Tenso & preocupado

A entrevista de Lula a BBC

Em pauta

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Casamento em cruzeiro é a nova tendência entre os casais

Flyworld Jundiaí firma parceria com Faell Vasconcelos

TCP recebe super navio com capacidade para 11 mil TEUs

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site