Email: Roseli Abrão








Blog: terça-feira, 27 de outubro de 2020

14:59:12

Yared tem a campanha mais cara

A candidata do PL à Prefeitura de Curitiba, Christiane Yared, tem, até aqui, a campanha mais cara entre os postulantes ao Palácio 29 de Março.

Um levantamento feito pelo G1 e também por este Blog, com base na prestação de contas (parcial) à Justiça Eleitoral, mostra que Yared foi a candidata que mais arrecadou recursos, e também foi a que mais gastou – R$ 2,91 milhões.

Até agora, os candidatos a prefeito de Curitiba gastaram, juntos, no primeiro mês de campanha, R$ 10,19 milhões. A maior parte foi destinada à produção de programas de rádio, televisão ou vídeo – R$ 3.293.952,583 milhões, 31,42% do total investido.

O prefeito Rafael Greca, do DEM, que busca a reeleição, é o segundo neste ranking: ele gastou até agora – R$ 1,87 milhões. A maior parte dos gastos foi empregada na produção de programas eleitorais – R$1,51 milhão, quase 81% do total.

O candidato do Partido Novo, João Guilherme, vem em terceiro. No total, gastou R$ 1,1 milhão e só com contratação de pessoal gastou até agora um custo de R$ 303.239.

Os gastos do candidato do PSL, Fernando Francischini, somaram R$ 776.689.56.

A candidata do Podemos, Carol Arns, teve gastos da ordem de R$ 977,502,99, o maior valos na produção de programas de rádio, televisão ou vídeo.

O candidato do PDT, Goura, gastou até agora R$ 720.557,88, a maior parte com a produção de programas eleitorais de rádio e televisão – R$ 334.719.

Paulo Opuszka, do PT, já gastou R$ 680.688,45 e o maior gasto foi com a categoria de serviços prestados por terceiros, com R$ 445 mil.

O emedebista João Arruda já gastou R$ 537.160,91, o maior volume também na produção de de programas eleitorais – R$ 169.250.

Os demais candidatos – Marisa Lobo (Avante), Letícia Lanz (Psol), Professor Mocellin (PV), Professora Samara (PSTU), Zé Boni (PTC), e Eloy Casagrande (Rede) – gastaram, juntos, R$ 118.587.

Os candidatos Camila Lanes (PC do B) e Diogo Furtado (PCO) não declararam despesas.


Blog: segunda-feira, 26 de outubro de 2020

14:37:26

Barros defende nova Constituição

O líder do governo Bolsonaro na Câmara Federal, o deputado paranaense Ricardo Barros, do PP, defendeu que o Brasil siga o exemplo do Chile e faça um plebiscito para a população decidir refazer a Constituição.

As declarações de Barros foram num evento organizado pela Academia Brasileira de Direito Constitucional (ABDConst), segundo reportagem de O Estado de S.Paulo.

Barros argumentou que a Constituição de 1988 tornou o Brasil num “país ingovernável”.

-- Eu pessoalmente defendo nova assembleia nacional constituinte, acho que devemos fazer um plebiscito, como fez o Chile, para que possamos refazer a Carta Magna e escrever muitas vezes nela a palavra deveres, porque a nossa carta só tem direitos e é preciso que o cidadão tenha deveres com a Nação, disse.

Para Ricardo Barros, a Constituição colocou o Brasil em uma “situação inviável orçamentariamente. Não temos mais capacidade de pagar nossa dívida, os juros da dívida não são pagos há muitos anos, a dívida é só rolada e com o efeito da pandemia cresceu muito, e esse crescimento nos coloca em risco na questão da rolagem da dívida”, afirmou.

O deputado lembrou que José Sarney, presidente da República à época da promulgação da Constituição já dizia que ela tornaria o país ingovernável.

Esse dia chegou, segundo Barros.

-- Temos um sistema ingovernável, estamos há seis anos com déficit fiscal primário, ou seja, arrecadamos menos do que gastamos, não temos capacidade mais de aumentar a carga tributária, porque o contribuinte não suporta mais do que 35% da carga tributária, e não demos conta de entregar todos os direitos que a Constituição decidiu em favor de nossos cidadãos, disse Barros.









Blog

Erro na data de emancipação

Diplomação será restrita

Cai popularidade de Bolsonaro

Fruet defende Teatro da Caixa

Fim do prazo para prestação de contas

Nova Lei de Licitações

Traiano está com Covid

A volta dos excluídos

Camargo é o novo presidente do TC

Justiça suspende eleição de diretores

Em pauta

Tecnologia não substitui agente de viagem na hora da compra

Flyworld realiza quarta convenção nacional de franqueados

TCP lidera movimentação de contêineres no Sul do Brasil

Marketing online é decisivo para sucesso de negócios em franquias

Flyworld inaugura terceira unidade no Rio Grande do Sul

TCP investe em 30 projetos ambientais em 2018

TCP finaliza obras de ampliação do cais de atracação

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Copyright © roseliabrao.com

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site