Email: Roseli Abrão







Blog: sexta-feira, 30 de março de 2012

15:26:41

Requião diz que Senado virou uma “geleia geral”

O senador Roberto Requião, do PMDB, fez nesta sexta-feira, duras críticas ao Senado que, segundo ele, virou uma “geleia geral”.

Segundo matéria disponível na “Agência Senado”, o senador paranaense criticou os chamados partidos de esquerda – PT, PCdoB, PSB e PDT – por terem aprovado o Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público Federal (Funpresp).

Da tribuna, ele confessou seu desencanto com a política brasileira.

Depois de afirmar que o Funpresp é um fundo de investimento no mercado em turbulência, Requião acusou os partidos que o aprovaram – entre eles, o PMDB – de ignorarem a crise global e a brasileira.

Segundo Requião, o tão apregoado colchão de reservas internacionais do país – de US$ 300 bilhões – pode ser insuficiente para conter uma eventual saída do capital volátil.

Esses partidos, na avaliação de Requião, “não perceberam ainda” que, nos últimos 30 anos, o país está se desindustrializando com as políticas liberais.

Ele criticou a ausência de uma “política séria” que contenha o ingresso do “capital vadio” na Bolsa de Valores e evite “a política de terra arrasada” causada pelo dólar barato.

Segundo a “Agência Senado”, a análise sobre a crise e os partidos de esquerda foi provocada por um comentário da deputada Jô Moraes, do PCdoB, de que Requião seria um “rebelde sem causa”, referindo-se a sua oposição ao projeto que regulamenta a previdência complementar do servidor público.

– E, de repente, uma amiga militante do PCdoB transforma toda minha atuação, tenta resumir minha atitude de crítica, de construção e de alerta no Congresso Nacional em uma rebeldia sem causa, lamentou.

Para o senador, os políticos de esquerda cortaram os laços com a ideia de transformação da sociedade brasileira, “que em um dia tão distante cultivamos”.

Segundo ele, a “grande política” foi escorraçada do Parlamento e dos sindicatos e hoje está confinada aos livros.

Em aparte, o senador Cristovam Buarque, do PDT, afirmou que hoje prevalece “a política de birutas de aeroporto”.

Ele disse preferir “a política da bússola” que define rumos mesmo contra a corrente dominante na opinião pública.

Cristovam também fez críticas à criação do Funpresp e concordou com a análise de Requião sobre a desindustrialização.


Blog: sexta-feira, 30 de março de 2012

13:56:42

Terrorismo passa a ser crime no Brasil

A comissão de juristas no Senado que trata da reforma do Código Penal aprovou, na manhã desta sexta-feira, a criação do crime de terrorismo.

Até então, o terrorismo não era criminalizado na legislação brasileira, informa o jornal “Folha de S. Paulo”.

Segundo o jornal, os juristas pediram também a revogação da Lei de Segurança Nacional, texto da época do regime militar que motivou a prisão de militantes políticos contrários à ditadura.

O termo "terrorismo" estava previsto nessa lei, que, no entanto, não especificava que ações caracterizariam o terrorismo.

A sugestão, informa a “Folha”, é que seja crime a conduta de causar "terror na população" ao forçar autoridades públicas a agirem contra a lei, ou para obter recursos "para a manutenção de organizações políticas ou grupos armados, civis ou militares, que atuem contra a ordem constitucional e o Estado democrático".

-- O crime de terrorismo tem sempre o elemento de ódio, de preconceito, afirmou ao jornal o relator da comissão, promotor Luiz Carlos Gonçalves.

O texto final do artigo a ser incluído no código ainda está sendo fechado pelos juristas.

A pena prevista é de 8 a 15 anos de prisão, além das penas pelos crimes resultantes,por exemplo, se alguém morrer durante a ação, o criminoso responde ainda pelo crime de homicídio.

Durante os debates da comissão, a grande preocupação dos juristas era excluir do conceito de terrorismo os movimentos sociais.

Ao final, votou-se pela inclusão de um dispositivo que ressalvasse esses movimentos.










Blog

Haddad encosta em Bolsonaro

Cuecas de seda (parte II)

Não há eleição ganha, diz Cida

Só em flagrante delito

Atrás do prejuízo

Endereço certo?

Arns atropela Richa

Dá-lhe Luisa!

Onde está o erro

Onde mora o perigo

Em pauta

Flyworld Jundiaí firma parceria com Faell Vasconcelos

TCP recebe super navio com capacidade para 11 mil TEUs

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Flyworld indica os destinos mais românticos para casais apaixonados

Namorados devem gastar mais com presentes, diz Datacenso

Flyworld indica destinos para lua de mel no mês das noivas

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site