Email: Roseli Abrão









Blog: segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

14:03:19

PT não tem uma agenda para o Brasil, tem agenda de poder, acusa Aécio

Em Curitiba nesta segunda-feira quando recebeu a comenda Ordem do Pinheiro, o senador Aécio Neves não se colocou como pré-candidato do PSDB à sucessão presidencial.

Preferiu defender que seu partido, antes de escolher um nome, apresente “um projeto novo, ousado, para o Brasil, que crie um contraponto a este absurdo e perverso modelo que estamos vivendo no Brasil, com os conseqüentes desvios e ineficiência”.

Aécio não poupou críticas ao PT. Segundo ele, “o PT não tem agenda para o Brasil, mas uma agenda de poder”.

-- A manutenção do poder é prioridade absoluta do PT. A agenda que está em curso hoje é uma agenda de 20 anos proposta por nós, disse.

O senador tucano disse que será “bom” para o PT a vitória do PSDB nas eleições de 2.014.

-- Ao virar esta página estaremos fazendo um favor ao PT. É importante o País ter um partido de massas, quem sabe vamos permitir ao PT fazer um estágio na oposição em 2.014 até para que possa reencontrar-se com seus valores e as idéias que abdicou, esqueceu, depois que chegou ao governo, afirmou.

PSDB precisa resgatar conquistas

Na avaliação de Aécio Neves, os tucanos têm que dizer ao povo brasileiro porque deve “votar” no PSDB.

E isso se traduz em posicionamentos, como por exemplo, o que o partido pensa sobre “o financiamento da saúde, a federação, porque Estados e municípios estão se fragilizando a cada dia e a concentração E tem que resgatar conquistas, disse.

-- Se o Brasil é hoje um país melhor – e é melhor do que algumas décadas atrás – é porque cada um, a seu tempo, colocou um tijolo nesta construção. Não haveria o governo Lula se não tivesse havido o governo FHC com a estabilidade da economia, com o Plano Real, a Lei de Responsabilidade Fiscal, com as privatizações, especialmente das telecomunicações. Essas são conquistas que o PSDB tem que resgatar e a partir delas construir nova agenda do futuro, defendeu.







Blog: segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

08:44:01

Disputa em Curitiba está embolada

A pouco menos de dez meses das eleições, a disputa pelo Palácio 29 de Março está embolada.

É o que mostra uma pesquisa feita pelo Instituto Paraná Pesquisas publicada pelo jornal Gazeta do Povo.

Realizada entre os dias 4 e 8 de dezembro, a pesquisa mostra que o ex-deputado federal Gustavo Fruet, do PDT, aparece na frente em todos os quatro cenários pesquisados, com variação de 20,3% a 28,5% das intenções de voto. Mas está praticamente empatado com o deputado federal Ratinho Júnior, do PSC, com índices variando de 18,9% a 27,7%. O prefeito Luciano Ducci, do PSB, está em ligeira desvantagem em relação aos outros dois. Tem entre 16,3% e 22,7%. Mas, avalia a Gazeta, considerando a margem de erro da pesquisa (3,5 pontos porcentuais para mais ou para menos), os três estão tecnicamente empatados.

Fruet apresenta um desempenho melhor entre os eleitores homens e os que tem ensino superior.

Ratinho tem mais votos entre as mulheres e as pessoas que cursaram apenas o ensino fundamental.

Ducci consegue mais destaque entre as mulheres e as pessoas com ensino médio completo.

De acordo com a pesquisa, o cenário em que os três menos teriam votos é aquele com políticos conhecidos que já disputaram a prefeitura: Angelo Vanhoni (PT), Rubens Bueno (PPS) e Rafael Greca (PMDB).

O cenário em que mais teriam votos seria aquele sem candidato do PT, partido que pode vir a apoiar Fruet, destaca a Gazeta.

Ratinho e Ducci foram que mais cresceram

Num comparativo com a última pesquisa divulgada pela Gazeta do Povo, em maio, quem mais cresceu na intenção de voto dos curitibanos foram os dois principais concorrentes de Fruet.

Em maio, Fruet aparecia com 25%, Ra­­­tinho com 16% e Ducci com 13%.

No levantamento anterior, porém, a Paraná Pesquisas havia medido a intenção de voto num cenário incluindo a então senadora Gleisi Hoffmann (PT). Ela aparecia em segundo lugar, com 22%.

Para o diretor da Paraná Pes­­­quisas, Murilo Hidalgo, o levantamento anterior mostrava uma força maior de Fruet.

-- Havia o re­­­call [lembrança] da eleição para o Senado [cargo ao qual Fruet concorreu]. Agora ele se mantém à frente. Mas Ratinho e o prefeito ganharam terreno, avalia.

Para Hidalgo, a atual pesquisa aponta para uma definição da eleição apenas no segundo turno.

Fruet venceria o segundo turno

Em um eventual segundo turno para definir o próximo prefeito de Curitiba, Gustavo Fruet venceria os confrontos contra Luciano Ducci e Ratinho Júnior, aponta a pesquisa.

Se a eleição fosse hoje, o pedetista teria entre seis e oito pontos de vantagem, respectivamente.

Se a disputa do segundo turno ocorresse entre Ratinho e Ducci, o vencedor seria decidido por uma diferença mínima de votos.

Eles aparecem tecnicamente empatados: 42,7% para o atual deputado federal e 42,5% para o prefeito.

Na hipótese de Fruet disputar o segundo turno com Ducci, os eleitores de Ratinho se dividiriam, e tanto o pedetista como o prefeito receberiam votos. Mas, se Ratinho e Ducci protagonizassem a disputa final, Ducci receberia boa parte dos votos (50%) que no primeiro turno seriam de Fruet, mas uma parte menor (37,9%) iria para Ratinho.

Caso o prefeito ficasse de fora do segundo turno, o grande beneficiado seria Fruet, que abocanharia 56,5% dos eleitores de Ducci. Ratinho ficaria com 31%, aponta a pesquisa.

Ducci é bem avaliado

A administração do prefeito de Curitiba, Lu­­­ciano Ducci, é aprovada por dois em cada três eleitores da cidade.

É o que mostra o levantamento feito pela Paraná Pesquisas para a Gazeta do Povo.

Ducci tem a aprovação de 67% dos curitibanos. Sua gestão é desaprovada por 27,4%. E 5,6% não souberam responder ou não opinaram.



Blog

Ibope vem aí

Não me representam

Para ONU, Lula tem o direito de ser candidato

Haddad na cola de Bolsonaro

Balcão de negócios?

Os ricos & os pobres...

Amoêdo e Meirelles concentram 96% dos bens declarados pelos 13 candidatos

Mais de 23 mil disputam as eleições

Contagem regressiva

Só Ratinho, não. Carlos Massa Ratinho Jr.

Em pauta

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Flyworld indica os destinos mais românticos para casais apaixonados

Namorados devem gastar mais com presentes, diz Datacenso

Flyworld indica destinos para lua de mel no mês das noivas

Jovens e idosos são os que mais viajam sozinhos no Brasil

Flyworld indica destinos nacionais e internacionais para a Páscoa

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site