Email: Roseli Abrão

Blog: quarta-feira, 22 de fevereiro de 2012

10:03:49

PT traça estratégia para eleger 50 prefeitos no Paraná

O Partido dos Trabalhadores define nos próximos dias a estratégia para aumentar de 32 para 50 o número de prefeitos da sigla no Paraná.

A informação é do site “Brasil Atual”, que revela que a visita do presidente nacional da legenda, Rui Falcão, ao interior do estado no fim desta semana deve traçar os planos para aumentar a presença da sigla no estado com vistas à disputa de 2014.

Além dos encontros com pré-candidatos e militantes, Falcão pode ser acompanhado pelos ministros das Comunicações, Paulo Bernardo, e da Secretaria Geral da Presidência, Gilberto Carvalho. Além deles, está confirmada a participação do secretário de Comunicação do PT, o deputado federal André Vargas, que já presidiu o Diretório Estadual da legenda.

-- É um passo importante para fortalecer e organizar o partido no Paraná. Nossa meta é eleger, no mínimo, 50 prefeitos, sendo três em grandes cidades, e aumentar consideravelmente o número de vereadores, afirma o presidente estadual do partido, deputado Enio Verri.

Segundo o “Brasil Atual”, embora as reuniões de Falcão ocorram em Foz do Iguaçu, Maringá e Londrina, cidades importantes do interior, é na capital Curitiba que está o grande debate do PT no estado.

O site destaca que setores do partido ligados a Vargas defendem uma aliança em torno de Gustavo Fruet, pré-candidato pelo PDT.

Que outros quadros, comandados pelo deputado Dr. Rosinha, entendem que o partido, que sempre teve candidato na capital paranaense, não pode abrir mão da disputa.

Por trás do debate está o apoio à chapa do PT ao governo estadual em 2014, analisa o site.

Tanto Paulo Bernardo quanto sua mulher, a ministra-chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, aparecem como possibilidades para tentar reverter o histórico negativo do partido no Paraná.



Blog: terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

10:43:38

Para Requião, condenação é uma “anedota”

O senador Roberto Requião, do PMDB, gravou vídeo, disponível em seu site, no qual classifica a decisão da Justiça de puni-lo pela “Escola de Governo”, levada ao ar pela TV Educativa durante os oito anos de seu governo, como uma “anedota na história jurídica do Brasil”, que, não tem dúvida, “será liquidada”.

Segundo o senador, a ação teve início após sua atuação para fechar os bingos no Paraná e é uma tentativa de desqualificar suas denúncias.

Requião disse que a ação foi movida por um deputado (não citou nome) que era vinculado ao esquema dos bingos, e que a sentença foi proferida por um juiz que foi afastado pelo Conselho Nacional de Justiça, que “resolveu estabelecer uma censura prévia à transmissão da Escola de Governo”.

Depois desta ação, o Ministério Público passou a analisar a programação da TV Educativa, e, segundo Requião, “resolveu que o governador não podia ter opinião. Que o governador tendo opinião, estaria se promovendo, pessoalmente”.

-- Me promovendo como? Quando combati o bingo e a lavagem de dinheiro? Quando fiz advertências sobre o uso da soja transgênica? Quando denunciei corrupção? questionou.

Requião lembrou que cortou a verba de publicidade para os veículos de comunicação e destinou estes recursos para saúde e educação. A medida, segundo ele, acarretou na perda de votos e na perseguição da imprensa O único espaço para divulgação das ações do Governo era as rádios e televisão estatais.

-- Esta condenação é uma anedota na história jurídica do Brasil. Ela vai ser liquidada, garantindo a todo brasileiro o direito de dar sua opinião, espera.





Blog: sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

16:22:45

João Arruda pede ao MP que investigue ‘indústria das terceirizações’ no Paraná

O deputado federal João Arruda, do PMDB, protocolou junto ao Ministério Público um pedido de investigação sobre o que ele chama de “indústria das terceirizações” no Paraná.

Segundo ele, prefeituras de diversos municípios do Paraná estão sofrendo pressão de empresas privadas, que estariam sendo orientadas por grupos políticos com o consentimento da Copel, para assumirem a administração das redes de distribuição de energia elétrica.

A transferência da administração das redes às prefeituras está em um dos artigos da resolução 414/2010, da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A mudança, inicialmente prevista para outubro do ano passado, foi adiada para 1º de julho de 2013, após a mobilização da Comissão de Desenvolvimento Urbano (CDU), da Câmara Federal e entidades representativas dos municípios e reuniões na Aneel.

O novo prazo, orientado pela Aneel para melhor preparação dos municípios, não está sendo respeitado pela Copel, denuncia Arruda ao procurador de Justiça e coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção ao Patrimônio Público, Arion Rolim Pereira.

O deputado pede providências do Ministério Público para intervir junto ao governador Beto Richa, a Copel e ao presidente da Copel, Lindolfo Zimmer.

A denúncia que existe uma espécie de “indústria da terceirização” no Paraná vem a partir de relatos de prefeitos que participaram no final de janeiro da reunião da Associação dos Municípios do Paraná.

-- Um sem número de prefeitos relatou à existência de pressão por parte de setores do governo do Estado e da própria Copel, para que os municípios assumam imediatamente esse encargo e, pior, com a indicação de determinadas empresas de apaniguados seus, denuncia Arruda.

Segundo o deputado, estas “indicações” aos prefeitos deve-se ao fato de que as empresas estariam “aptas a assumir essa manutenção, através de contratos que já nasceriam maculados pela irregularidade, pelo direcionamento e pela contrariedade aos princípios da moralidade e da transparência, que devem nortear a administração pública”.

O deputado reforça que além de estarem sendo pressionados para assumir antecipadamente o encargo, que vai elevar em até 30% as despesas da administração, os pequenos municípios estão sendo forçados a contratar empresas ligadas a estes setores. --Possivelmente, pois que com isso, vão obter alguma vantagem, de cunho possivelmente ilícito,desconfia.


Blog: sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

16:06:04

Rui Falcão vem ao Paraná para debater a campanha do PT

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, vira ao Paraná no próximo final de semana (24 e 25 de fevereiro), onde cumprirá uma agenda de encontros com pré-candidatos e militantes petistas de Foz do Iguaçu, Maringá e Londrina.

A informação é do deputado André Vargas e, segundo ele, o objetivo é mobilizar os petistas paranaenses sobre as estratégias do partido para as eleições de 7 de outubro.

-- É um passo importante para fortalecer e organizar o partido no Paraná. Nossa meta é eleger, no mínimo, 50 prefeitos, sendo três em grandes cidades, e aumentar consideravelmente o número de vereadores, afirma o presidente do PT paranaense, deputado Enio Verri.

A visitas terá início na sexta-feira, 24, pela manhã, em Foz do Iguaçu. Às 9h30, Falcão irá atender a imprensa local e na sequencia participar de uma reunião com os filiados da região oeste. Segundo Vargas, a agenda irá contar com a presença do pré-candidato do PT à prefeitura de Foz do Iguaçu, o presidente da Itaipu Binacional, Jorge Samek.

A visita continua, a partir das 15h30, em Maringá. A primeira agenda de Falcão e Verri na cidade é uma coletiva de imprensa, que será realizada no Hotel Elo. Depois de conversar com os jornalistas, os dois participam de uma plenária com filiados da região norte sobre os desafios do PT local para eleger o maior número de prefeitos e vereadores. O evento será realizado na Câmara dos Vereadores de Maringá.

Ainda na sexta-feira, a partir das 19 horas, Falcão estará em Londrina. Ele participa da plenária organizada pelo PT municipal. Estarão presentes os ministros das Comunicações e da Secretaria Geral da Presidência, Paulo Bernardo e Gilberto Carvalho, além da ex-ministra do Ministério do Desenvolvimento Social, Márcia Lopes.

A visita de Falcão ao Paraná termina no sábado, 25, com a participação em reunião do Diretório Estadual do PT.

O encontro será realizado a partir das 9 horas, em Londrina.










Blog

Bolsonaro 48,8%, Haddad 36,7%

Entre aspas

Só em flagrante

Bolsonaro em Curitiba

PDT quer anular eleições

Afinal?

Haddad pede investigação

O "caixa 2 virtual" de Bolsonaro

Governo deixa de pagar royalties

Cid Gomes vota em Haddad

Em pauta

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Casamento em cruzeiro é a nova tendência entre os casais

Flyworld Jundiaí firma parceria com Faell Vasconcelos

TCP recebe super navio com capacidade para 11 mil TEUs

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Flyworld indica os destinos mais românticos para casais apaixonados

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site