Email: Roseli Abrão

Blog: sexta-feira, 10 de fevereiro de 2012

10:47:40

Pesquisa aponta que Dilma supera Lula em intolerância à corrupção

A presidente Dilma Roussef é menos tolerante com a corrupção do que era o ex-presidente Lula. É o que aponta uma pesquisa feita em janeiro pela empresa Opinião Informação Estratégica, e que foi publicada pelo site Notícias & Negócios (www.noticiasenegocios.com.br).

De acordo com a pesquisa, 49,1% dos entrevistados têm esta visão de Dilma. Para cerca de um terço (33,6%), Dilma é percebida como sendo "tão tolerante quanto Lula" e para 17,3% ela é "mais tolerante" do que seu antecessor.

Segundo o estudo da Opinião, dois em cada três entrevistados afirmaram ser "favoráveis" à uma CPI - Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar a corrupção no governo.

Sobre a queda de ministros no 1º ano de governo Dilma e sua correlação com a corrupção governamental, 53% afirmaram que a saída dos ministros "indica que a presidente Dilma não é tolerante com a corrupção; 29% disseram que tal fato indica que ela é tão tolerante quanto os governos anteriores (não apenas o de Lula); 18% percebem a situação como negativa, por entenderem que a queda do 4º ministro (da Agricultura, Wagner Rossi) é um indicativo de que no atual governo há mais corrupção".

Além dos "malfeitos", como a própria presidente se refere aos escândalos que derrubaram ministros e demais assessores federais, a pesquisa procurou apurar o sentimento da população em relação ao País.

Para 43,9% dos entrevistados o Brasil "melhorou após o início do governo Dilma"; para 39,9% continua igual e para 16,3% piorou.

Sobre as condições de vida familiar, 43,1% afirmaram que a situação de sua família melhorou; 44,3% disseram que não se alterou, e para 12,6% piorou.




Blog: quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

15:33:12

Requião denuncia rolo-compressor do PT

O senador Roberto Requião admitiu nesta quinta-feira, em áudio disponível em seu site, que foi “atropelado pela base governista”, da qual “supostamente” (sic) pertence, no pedido de diligência feito por ele para investigar denúncias contra Bernardo Figueiredo, indicado pela presidente Dilma Roussef para reassumir a direção geral da ANTT – Agência Nacional de Transporte Terrestre.

O pedido de diligência foi aprovado no ano passado por unanimidade, mas a Comissão de Infraestrutura do Senado, por pressão do PT, marcou para o próximo dia 15 a sabatina de Figueiredo.

Requião queria a diligência para ouvir o Ministério Público Federal, o deputado estadual paulista Mauro Bragatto, relator da CPÌ que investigou o sistema ferroviária de São Paulo, e o engenheiro Paulo Sidney Ferraz, “todos com informações comprometedoras sobre Figueiredo”.

Segundo o senador, na reunião desta quinta-feira, a base governista se insurgiu contra a realização das diligências antes da sabatina, sob a alegação de que o mandato de Bernardo Figueiredo na ANTT vence no dia 18 e não haveria tempo hábil para a investigação proposta.

-- A urgência da renomeação de Figueiredo acaba de se transformar em questão mais importante que a idoneidade do indicado, disse Requião, que defendeu que, “a bem da transparência absoluta nos serviço público, as denúncias contra o diretor-geral da ANTT devem ser apuradas”.

Para ele, “negar as diligências e sabatinar Figueiredo como se nada houvesse contra ele é gravíssimo, além do que, considero essa iniciativa da base governista, de que também faço parte, uma violência contra o meu mandato e contra os eleitores que represento”, disse.

Requião lamentou o “rolo compressor”.

-- Tentativas de conciliar a sabatina com a diligência, marcando-as para dias alternados, foram rejeitadas pelo PT, que assim deixou claro que a recondução de Bernardo Figueiredo à direção geral da ANTT já foi decidida, não importando as informações que possam existir contra ele, por mais graves que sejam, lamentou.

Requião está disponibilizando em seu site documentos e vídeos contendo denúncias contra Bernardo Figueiredo.



Blog: quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

14:43:01

Carlos Simões quer PR de volta

O ex-deputado Carlos Simões promete brigar para retomar a presidência do PR de Curitiba, da qual foi destituído em outubro do ano passado.

Com o partido nas mãos, Simões pretende lançar sua candidatura à sucessão do prefeito Luciano Ducci, sepultando, assim, a aliança do PR com o PSC de Ratinho Júnior.

Para seus aliados, se repetir a votação obtida nas eleições de 2.004, quando fez 33% dos votos, Carlos Simões leva a disputa para o segundo turno.

Simões critica as articulações que o deputado Ratinho Júnior vem fazendo. No caso do PR, acusa que o deputado não procurou o diretório municipal, negociando direto com o presidente estadual, deputado Fernando Giacobo.

Destituição foi legal, diz Cione

Lucio Cione, que dirige o PR de Curitiba desde outubro do ano passado, garante que a destituição de Carlos Simões “foi legal”.

Como é uma comissão provisória, o presidente estadual, Fernando Giacobo, “tem autonomia para destituir a hora que quiser”.

Segundo Cione, Simões pode reivindicar o cargo, mas esta será uma briga com a cúpula estadual ou via judicial.

Ele revelou que Simões foi afastado da direção do partido por ter, à revelia da direção estadual, se colocado como candidato a prefeito, quando se avaliava que o melhor para fortalecer o partido seria uma aliança.

A expectativa do PR é eleger dois vereadores em Curitiba, o que, na avaliação de Lucio Cione, pode ser possível com a aliança com o PSC.

No caso de uma candidatura própria a prefeito o partido não teria condições de montar uma chapa completa para disputar a Câmara de Vereadores, disse.

-- Ao se colocar como candidato ele criou um problema com a direção estadual que levou à sua destituição, afirmou Cione.












Blog

Arruda é o novo presidente do MDB

Leprevost na equipe de Ratinho

Um coronel do Exército no DER

O novo diretor da APPA

Primeiro projeto de Ratinho chega à Alep

Projeto é arquivado na Câmara

Daniel Pimentel na Copel

Ordem do Pinheiro

Os novos prefeitos

Novas eleições

Em pauta

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Casamento em cruzeiro é a nova tendência entre os casais

Flyworld Jundiaí firma parceria com Faell Vasconcelos

TCP recebe super navio com capacidade para 11 mil TEUs

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site