Email: Roseli Abrão

Blog: quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

16:07:02

Quebra de confiança

O clima no plenário da Assembleia Legislativa não é nem um pouco favorável ao presidente da Casa, deputado Valdir Rossoni.

Nem tanto porque decidiu cortar a verba de convocação e desconvocação paga desde 1995 aos parlamentares, mas porque depois de “combinar” com os líderes, na terça-feira, que a verba seria mantida, voltou atrás e, sozinho, decidiu cortá-la.

Os deputados só ficaram sabendo da noticia pela imprensa.

O líder da oposição, deputado Enio Verri, do PT, afirmou que Rossoni o “expôs”.

Que, com esta atitude “quebrou o vínculo de confiança que existia entre os líderes”

-- A decisão de cortar não é o problema, mas a maneira como o fez. A essência da crítica é de não sido avisado sobre isso, reclamou Verri.

Prá que o colégio de lideres?

O deputado Nereu Moura, do PMDB, que também ficou sabendo da notícia pela imprensa, criticou a atitude de Rossoni e disse que isso muda o “clima” na Assembleia.

-- A Assembleia não está vivendo um clima legal, de harmonia, atestou Moura, que “sugeriu” que seja extinto o colégio de líderes uma vez que as decisões tomadas em conjunto não são cumpridas.

O deputado peemedebista não discute o mérito da decisão.

-- Era previsível que a verba fosse cortada porque não há mais espaço, no Brasil, para privilégios, disse.

O que discorda, reafirmou, é da “atitude de Rossoni”.

Rossoni, o “santo”

O deputado Jonas Guimarães, do PMDB, foi irônico ao chamar Rossoni de “santo”.

-- Vamos votar nele para o Senado, afinal, precisamos de um ‘santo’ lá em cima...













Blog: terça-feira, 13 de dezembro de 2011

09:40:59

Assembleia altera Lei da Transparência

A Assembleia Legislativa aprovou, segunda-feira, em primeira discussão, projeto de lei complementar de autoria de seu presidente, Valdir Rossoni, e primeiro-secretário, Plauto Miró Guimarães, que altera a Lei Complementar 137, de 6 de julho de 2011, mais conhecida como Lei da Transparência. De acordo com o projeto, a lei deverá especificar que a veiculação de atos da administração pública poderá ser feita por meio de extrato reduzido, onde deve constar a identificação das partes, a natureza do ato e a identificação do processo que lhe deu origem, com os respectivos objetos, valores e prazos.

Segundo a Agência Sinal, a lei deve especificar que no caso de atos relativos aos servidores, o extrato deverá conter a identificação do funcionário, com número do Registro Geral (carteira de identidade) e do Cadastro de Pessoa Física (CPF), o cargo ocupado, a finalidade do ato e a identificação do processo que lhe deu origem.

O primeiro secretário da Assembleia, Plauto Miró Guimarães, explica que a publicação dos atos administrativos em extrato atende ao princípio da publicidade, fundamental na administração pública.

--Essa proposição complementar atende ao artigo 27 da Constituição Estadual, que estabelece regras para a administração pública, e não deixará de assegurar a ampla fiscalização pela sociedade, porque seus elementos essenciais, que identificam as partes, objeto e valores estarão preservados, disse.





Blog

Fogo amigo

Greenwald na Câmara

Cai popularidade de Moro

Homenagem a Damares será dia 8

Recesso

Os paranaenses que concorrem ao prêmio

Senado vai ouvir Greenwald

Requião ironiza saída de Levy

Catástrofe anunciada

"Quero ver Moro se segurar"

Em pauta

Tecnologia não substitui agente de viagem na hora da compra

Flyworld realiza quarta convenção nacional de franqueados

TCP lidera movimentação de contêineres no Sul do Brasil

Marketing online é decisivo para sucesso de negócios em franquias

Flyworld inaugura terceira unidade no Rio Grande do Sul

TCP investe em 30 projetos ambientais em 2018

TCP finaliza obras de ampliação do cais de atracação

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Copyright © roseliabrao.com

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site