Email: Roseli Abrão

Em pauta: sexta-feira, 8 de junho de 2018

16:27:18

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Empresas uniram os times comerciais para oferecer vantagens para os clientes que utilizam o modal ferroviário para transporte de cargas

A TCP, empresa que administra o Terminal de Contêineres de Paranaguá, e a operadora Brado Logística vêm desenvolvendo ações comerciais conjuntas com foco nos exportadores e importadores. A iniciativa tem como objetivo destacar ao setor produtivo que o uso conjunto do Porto de Paranaguá e do modal ferroviário para o transporte da cargas proporciona uma redução de até 20% na operação logística para os clientes.

Para isso, os times comerciais das duas empresas iniciaram visitas a importantes clientes, como a Usina Alto Alegre, em Presidente Prudente – SP, e Caramuru Alimentos, em Itumbiara – GO. “A TCP e a Brado têm o objetivo de viabilizar custos mais competitivos para os seus clientes e um dos principais diferenciais que oferecemos em conjunto é o uso do modal ferroviário para o transporte da carga”, enfatiza Alexandre Rúbio, diretor Comercial da TCP.

Ele ressalta que, mesmo para clientes com base fora do Paraná, a operação logística por meio da ferrovia é a melhor opção, pois na soma dos custos logísticos com o transporte da carga, o valor pode ficar de 10% a 20% menor pela ferrovia. “Outra vantagem é que o modal não sofre variação de preço, ao contrário do modal rodoviário que tem o valor do frete alterado de acordo com a quantidade de produto que está sendo comercializado no país. Em época de safra, por exemplo, existe escassez de caminhão para o transporte da carga já que as transportadoras optam por encaminhar seus veículos para as regiões onde as produções são maiores. Isso torna o modal mais caro”, diz.

Rúbio aponta ainda que, no transporte via ferrovia, a carga sofre muito menos interferência humana, o que garante a qualidade e a segurança do produto embarcado. “Quando o produto é estufado em contêiner ainda na planta do cliente, há a garantia que a carga chegará no mesmo padrão de qualidade ao Porto. Além disso, nessa modalidade, o contêiner acessa a área do Terminal já lacrado, sem que seja necessário passar pela área retroportuária e apto para as liberações aduaneiras exigidas para embarque. Isso diminui a quantidade de manuseio da carga”, enfatiza.

Por fim, é uma operação mais limpa e menos agressiva ao meio ambiente, já que a emissão de CO2 é 93% menor no transporte de contêineres por ferroviária na comparação com o transporte rodoviário, para cada 1.000 km rodado.


Blog

Correndo por fora

Velório será no Cemitério Parque Iguaçu

Governo não sabe situação de seu caixa

MDB de olho em 2020

Ratinho congela salários

Sobrou até para o PT

Recesso

O time de Ratinho

Toffoli cassa liminar

Requião pede cassação de Arns

Em pauta

TCP investe em 30 projetos ambientais em 2018

TCP finaliza obras de ampliação do cais de atracação

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Casamento em cruzeiro é a nova tendência entre os casais

Flyworld Jundiaí firma parceria com Faell Vasconcelos

TCP recebe super navio com capacidade para 11 mil TEUs

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Copyright © roseliabrao.com

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site