Email: Roseli Abrão

Blog: quarta-feira, 18 de novembro de 2020

09:38:10

Apenas um mito?

os candidatos que participaram das eleições de 15 de novembro têm até o dia 15 de dezembro para fazer a prestação de contas da campanha.

Mas, na avaliação do advogado Gilmar Cardoso, especialista em legislação eleitoral, a prestação de contas da campanha não passa de um “mito”. Isso porque, mesmo que elas sejam desaprovadas os candidatos não sofrem nenhuma sanção.

-- Nenhum aspecto das prestações de contas de campanha é tão falacioso quanto os efeitos da sua desaprovação, afirma o advogado, que destaca que desde o advento da Lei Eleitoral (Lei nº 9.504/97) “nunca teve qualquer dispositivo que impusesse sanção decorrente da desaprovação de contas de campanha aos candidatos”.

Mais do que isso – diz – “nenhuma norma eleitoral prevê hoje qualquer sanção a candidato que seja decorrente exclusivamente da desaprovação das contas”.

Uma hipótese

Segundo o advogado, em apenas uma única hipótese há punição: a de aplicar recursos acima do limite de gasto previsto, ficando sujeito ao pagamento de multa no valor equivalente a 100% (cem por cento) da quantia que exceder o limite estabelecido, a qual deverá ser recolhida no prazo de cinco dias úteis contados da intimação da decisão judicial, podendo os responsáveis responderem, ainda, por abuso do poder econômico, sem prejuízo de outras sanções cabíveis.

Ex-procurador jurídico das entidades de representação nacional (UVB) e estadual (Uvepar) dos vereadores, Gilmar Cardoso atesta que pouca gente, inclusive, candidatos, partidos e coligações sabem é que a fixação das consequências da desaprovação das contas eleitorais impõe verificar o disposto na norma legal que disciplina as eleições.

No que diz respeito à análise das prestações de contas, a Justiça Eleitoral pode decidir pela aprovação, pela aprovação com ressalvas, pela desaprovação ou pela não prestação.

O que existe de fato, afirma, é a obrigação de prestar as contas no prazo legal.


Blog

Aberto caminho para reeleição

Alep amplia restrições de acesso

Toque de recolher começa hoje

Diplomação será virtual

Toque de recolher

Ponta Grossa elege Professora Elizabeth

Ministro concede habeas corpus a Luiz Abi

Brasil elege 651 prefeitas

Ranking das eleições

Greca propõe 3,14% aos servidores

Em pauta

Tecnologia não substitui agente de viagem na hora da compra

Flyworld realiza quarta convenção nacional de franqueados

TCP lidera movimentação de contêineres no Sul do Brasil

Marketing online é decisivo para sucesso de negócios em franquias

Flyworld inaugura terceira unidade no Rio Grande do Sul

TCP investe em 30 projetos ambientais em 2018

TCP finaliza obras de ampliação do cais de atracação

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Copyright © roseliabrao.com

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site