Email: Roseli Abrão

Blog: quinta-feira, 21 de julho de 2011

17:09:27

Greca cria Fan Page para se comunicar com eleitores

Por Ana Cunha Abrão

Com quase cinco mil seguidores no Facebook, o ex-prefeito de Curitiba, Rafael Greca, acaba de criar uma Fan Page na rede social para facilitar a comunicação com seus amigos e possíveis eleitores. É que, ao atingir a marca dos cinco mil amigos na Rede, o perfil não aceita mais novas solicitações de amizades.

Em sua página pessoal, Greca pede aos seguidores que “curtam” sua Fan Page e diz que o objetivo é ampliar a “rede de troca de idéias”. Além do Facebook, o pré-candidato à prefeitura de Curitiba tem utilizado a internet como instrumento de divulgação de suas propostas para a Capital paranaense, como é o caso do Twitter onde já tem mais de 3,2 mil seguidores e onde já postou mais de 8,3 mil mensagens.

Câmara Municipal

Conselho de Ética abre investigação

Os vereadores que integram o Conselho de Ética da Câmara de Curitiba se reuniram nesta quinta-feira e decidiram abrir uma investigação sobre os contratos firmados pelo presidente da Casa, João Cláudio Derosso, com duas empresas de publicidade, no ano de 2006.

Segundo os vereadores, o procedimento é motivado por denúncia protocolada pelo economista Everton de Andrade, que questiona a lisura do processo e a concessão de aditivos às empresas vencedoras do certame.

-- A apuração será conduzida de forma isenta, com responsabilidade, dentro dos prazos regimentais. Já na próxima semana iremos ao Tribunal de Contas, solicitar cópias dos documentos. Depois, convidaremos o senhor Everton de Andrade, declarou o presidente do Conselho de Ética, vereador Francisco Garcez, do PSDB.

Integram também o Conselho de Ética os vereadores Dirceu Moreira (PSL), Jorge Yamawaki (PSDB), Odilon Volkmann (PSDB), Paulo Salamuni (PV), Valdemir Soares (PRB) e Zezinho do Sabará (PSB).

Câmara Municipal

Oposição se une para pedir investigação

Representantes do de seis partidos políticos - PT, PDT, PV, PMDB, PC do B e PSC – se reuniram na manhã desta quinta-feira para pedir ao Ministério Público e à OAB para que tomem providências sobre as irregularidades de contratos de publicidade firmados pela Câmara Municipal de Curitiba desde 1997, denunciadas pela imprensa.

As denúncias envolvem o presidente da Câmara de Vereadores e atual prefeito em exercício, João Cláudio Derosso (PSDB), e sua mulher, a jornalista Cláudia Queiroz Guedes, dona da Agência Oficina de Notícia Ltda, e que era funcionária comissionada quando venceu a licitação sobre publicidade naquela Casa de Leis.

A reunião foi na sede do PSC e a tentativa, segundo seus participantes, é tentar “conter a corrupção e o autoritarismo, que se perpetuam sem a renovação das mesas diretoras legislativas”.

O ato contou, também, com a participação de representantes da CUT/PR, Sindicatos dos Arquitetos do Paraná, Servidores Municipais de Curitiba, Petroleiros do Paraná e Santa Catarina e Bancários de Curitiba.

O grupo pretende fazer uma série de manifestações com a participação da sociedade.

Prometeu, tem que cumprir

Os governantes que não cumprirem as promessas feitas durante a campanha eleitoral correm o risco de se tornarem inelegíveis.

Proposta neste sentido foi apresentada na Câmara Federal pelo deputado Luiz Fernando Machado, do PSDB de São Paulo, e acrescenta a medida à Lei de Inelegibilidade (Lei Complementar 64/90)De acordo com matéria da “Agência Câmara”, o objetivo do projeto é obrigar o candidato a ser fiel a suas propostas.

A nova regra, se aprovada, valerá para a eleição que se realizar durante ou após o mandato em curso.

-- Ao ser eleito, o presidente, o governador e o prefeito, na maioria das vezes, se esquecem das propostas que convenceram o eleitor a votar neles e passam a executar um programa de governo completamente oposto ao prometido. A decepção do eleitor é evidente, afirma o autor da proposta.

Ficha limpa

A exemplo do que já tramita na Assembléia Legislativa, um projeto de lei apresentado pelo deputado Walter Tosta, do PMN de Minas Gerais, na Câmara Federal, estabelece casos para impedimento de posse em cargos, empregos ou funções públicas.

A lista inclui, por exemplo, os deputados que tiveram seus mandatos cassados, os condenados por crimes contra o patrimônio público, os que estão impedidos de exercer suas profissões em razão de falta ético-profissional e os magistrados aposentados compulsoriamente como forma de sanção.

Segundo o deputado mineiro, a ideia é estender para o funcionalismo público federal alguns princípios previstos na Lei da Ficha Limpa que estabelece casos de inelegibilidade.


Blog

PDT contesta pesquisa Radar

Recesso

Oriovisto, vice de Osmar

A troco de nada

A bola da vez

TJ condena réus

O pior está por vir?

Último dia

Alckmin lamenta desistência

Jogou a toalha

Em pauta

Flyworld indica destinos para lua de mel no mês das noivas

Jovens e idosos são os que mais viajam sozinhos no Brasil

Flyworld indica destinos nacionais e internacionais para a Páscoa

TCP inaugura novo serviço para a Ásia

Flyworld Viagens prevê crescimento de 40% para 2018

Sete dicas para curtir o Carnaval com os amigos ou família

Cinco dicas para organizar uma viagem com sucesso

Empresa de Carlos Wizard proíbe trabalho aos domingos

TCP anuncia nova linha para países do Mediterrâneo

Flyworld oferece pacotes especiais para público da melhor idade

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

Telefones para contato:
(41) 3367-2466 / 3367-3544


Copyright © roseliabrao.com | 2011

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site