Email: Roseli Abrão

Blog: sexta-feira, 5 de agosto de 2011

16:35:34

Renata Bueno pode ser vice de Ducci

São muitos os nomes listados como possíveis vices do prefeito Luciano Ducci que, no ano que vem, buscará a reeleição.

Já se falou em Mauro Moraes, Fernando Francischini e Luiz Felipe Braga Cortes, do PSDB; e Ney Leprevost, do PP/PSD.

Agora surge mais um nome – o da vereadora Renata Bueno, que teve seu nome lançado como pré-candidata do PPS às eleições do ano que vem.

O PPS integra o governo Ducci. Marcos Isfer é o presidente da Urbs, considerada uma supersecretaria.

Ducci já tem apoio de nove partidos

O prefeito Luciano Ducci continua angariando apoios à sua reeleição. Faltando um ano e dois meses para as eleições, já conta com nove partidos. Além do PSB, ao qual é filiado, Ducci conta com PSDB, PTB, PP, DEM, PRP, PRB, PSDC e PSL.

Fruet se encontra com Osmar

O ex-deputado Gustavo Fruet se reuniu na tarde desta sexta-feira com o ex-senador Osmar Dias, presidente do PDT paranaense, em Curitiba.

Depois de várias conversas por telefone, se encontraram pessoalmente para discutir a possibilidade de ingressar no PDT.

Esta semana o ex-deputado recebeu um telefonema da direção nacional do PV e se reuniu com o PC do B paranaense.

Fruet deve anunciar seu novo partido no máximo em 15 dias.

Em defesa de Amorim

Depois de defender Nelson Jobim, o senador Roberto Requião faz nova gravação, desta vez para apoiar a indicação do ex-chanceler Celso Amorim como novo ministro da Defesa.

Mas o senador lamenta que parte da “grande mídia” fala em “insatisfação” nas Forças Armadas em razão da postura “nacionalista, ideológica” de Amorim.

-- Mas queriam o que? Que fosse o ministro do entreguismo, que não valoriza a idéia fundamental de Nação, que é a idéia que deve manter coesa as Forças Armadas? questiona o senador, que completa: “que não me levantem lobisomens, assustadores demônios porque lobisomens e demônios só aparecem para quem acredita neles e o nosso País, hoje, não acredita nesses fantasmas”.

Saiu como entrou

A afirmação é de sua assessoria: o deputado federal Ratinho Júnior, do PSC, saiu do encontro com o governador Beto Richa, no Palácio das Araucárias, na quinta-feira, como entrou.

Ou seja, pré-candidato a prefeito de Curitiba.

Na próxima semana, Ratinho tem conversas agendadas com líderes de outros partidos que também o convidaram para um encontro.

Na reunião com o governador Beto Richa, além de discutirem problemas que afetam os municípios paranaenses, se falou também de política “mas nada que possa ser acrescentado ao quadro que aí está”, garantiu o deputado.

Em defesa de Jobim

Pelo twitter, o senador Roberto Requião saiu em defesa de seu companheiro de partido Nelson Jobim, que deixou o Ministério da Defesa.

-- Nas demissões, duas categorias de demitidos: os que roubam e os que apenas raciocinam e falam demais, disse Requião, que concordou que “Jobim errou votando em Serra”, mas defendeu que “as ironias podiam ser assimiladas, digeridas sem maiores crises”.

-- Não confundam Jobim com outros demitidos, insistiu.

O que um deputado pode ou não pode propor?

A Assembléia Legislativa do Paraná está criando uma comissão que vai fazer uma investigação sobre o que um deputado pode ou não pode propor como projetos de lei.

A iniciativa é do deputado Luiz Eduardo Cheida, do PMDB, que se ressente de tantos projetos considerados inconstitucionais e que acabam sendo transformados em “indicações” ao governo.

Segundo ele, na maioria das vezes, o que é proibido no Paraná é permitido em outros Estados.

-- Qualquer matéria que implique na compra de um lápis é considerado inconstitucional. Isso vem em prejuízo do trabalho dos deputados, lamenta Cheida, que faz questão de esclarecer que não se trata de uma crítica ao trabalho da Comissão de Constituição e Justiça. Nem uma ingerência, assegura.

Quando estiver formada, o que deve acontecer já na próxima semana, a Comissão Especial Parlamentar pretende, segundo Cheida, convidar para o debate os advogados da CCJ, a OAB, procuradores do Estado, além dos próprios deputados “para se estabelecer os limites constitucionais da competência da Assembléia Legislativa”

PSD não ameaça mandatos, diz Sciarra

O deputado federal Eduardo Sciarra, que preside o PSD no Paraná, emite nota para dizer que todos os que se filiarem ao partido não perderão seus mandatos.

É uma resposta ao PMDB do Paraná que esta semana decidiu radicalizar, ameaçando com a perda de mandato por infidelidade partidária os filiados que se unirem ao partido do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

-- Não há a mínima possibilidade de esses pedidos prosperarem na Justiça Eleitoral porque, em seu artigo 17, a Constituição estabelece que "é livre a criação, fusão, incorporação e extinção de partidos políticos" no país, diz Sciarra.

O deputado destaca que a Resolução 22.610/2007, do TSE, que disciplina o processo de perda de cargos eletivos, estabelece que não há risco de perda de mandato em quatro casos, que configuram justa causa para a desfiliação.

Ou seja: incorporação ou fusão do partido; criação de novo partido; c) mudança substancial ou desvio reiterado do programa partidário; e grave discriminação pessoal. Mais do que isso, no ultimo dia 2 de julho, em resposta a uma consulta feita pelo PT do B, o Tribunal Superior Eleitoral aprovou por unanimidade o voto da ministra Nancy Andrighi que reafirmou essa decisão, além de estabelecer prazo de 30 dias para que o detentor de cargo eletivo possa se filiar ao novo partido desde que tenha participado dos atos de sua criação, destaca.

Sciarra lembra que esse prazo começa a contar a partir da data do registro do estatuto do novo partido pelo TSE, o que, no caso do PSD, deverá acontecer durante o mês de agosto.

-- Portanto, todos os detentores de cargo eletivo terão tempo suficiente para se filiarem ao PSD sem perderem o mandato e ainda se habilitarem a concorrer às eleições municipais de 2012 pelo novo partido, afirmou.


Blog

Ibope vem aí

Não me representam

Para ONU, Lula tem o direito de ser candidato

Haddad na cola de Bolsonaro

Balcão de negócios?

Os ricos & os pobres...

Amoêdo e Meirelles concentram 96% dos bens declarados pelos 13 candidatos

Mais de 23 mil disputam as eleições

Contagem regressiva

Só Ratinho, não. Carlos Massa Ratinho Jr.

Em pauta

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Flyworld indica os destinos mais românticos para casais apaixonados

Namorados devem gastar mais com presentes, diz Datacenso

Flyworld indica destinos para lua de mel no mês das noivas

Jovens e idosos são os que mais viajam sozinhos no Brasil

Flyworld indica destinos nacionais e internacionais para a Páscoa

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site