Email: Roseli Abrão

Blog: segunda-feira, 30 de outubro de 2017

16:45:36

O imposto vai aumentar

Ao contrário do que sustenta o governo do Estado, a proposta encaminhada à Assembleia Legislativa adequando o Simples do Paraná à lei nacional vai sim gerar aumento de impostos para pequenas e microempresas.

Este foi o pensamento unânime de todos os que participaram hoje de manhã da audiência pública promovida pelo deputado Anibelli Neto e que contou com a presença de representantes de entidades como a Fecomércio, Faciap, Fecopar, Fampepar, Sescap, Sindiabrabar e Conselho Regional de Contabilidade.

Para o deputado Anibelli Neto o debate de hoje servirá de subsídio quando a proposta do governo for a votação do plenário. O desafio, segundo ele, é convencer a base aliada da necessidade de se manter os incentivos que vigoram a partir de 2007.

-- Não pode haver retrocesso sob pena de o Paraná perder empresas e empregos, disse.

Durante a audiência pública foi apresentada uma pesquisa feita pelo Sebrae que mostra que se a proposta do governo for aprovada 29% da empresas fechariam; 20% iriam para a informalidade; e 18% reduziriam suas atividades.

Modelo de vanguarda

O deputado federal João Arruda, que foi o relator do Simples Nacional, fez uma explanação da lei nacional e, numa comparação com a proposta encaminhada pelo governo do Estado, sustentou que haverá, sim “aumento significativo de impostos”.

O vice-presidente de Relações Sociais do Conselho Regional de Contabilidade (CRCPR), Narciso Dóro Junior afirmou que o Paraná tem, hoje, um “modelo de vanguarda” e que se vigorar a proposta do governo “haverá aumento de impostos, provocando fechamento de empresas e desemprego”.

Para Alziro da Motta Santos Filho, que representou a Federação das Associações Comerciais do Paraná (Faciap), afirmou que com a proposta do governo 95% das 51 mil pequenas e microempresas do Paraná serão atingidas. Há, segundo ele, “sérias dúvidas” em relação ao “discurso do governo que não haverá aumento de impostos”.

Ao final da audiência foi elaborado um documento que será entregue ao governo do Estado e aos deputados retratando a apreensão existente em relação à proposta governamental.


Blog

Bolsonaro 48,8%, Haddad 36,7%

Entre aspas

Só em flagrante

Bolsonaro em Curitiba

PDT quer anular eleições

Afinal?

Haddad pede investigação

O "caixa 2 virtual" de Bolsonaro

Governo deixa de pagar royalties

Cid Gomes vota em Haddad

Em pauta

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Casamento em cruzeiro é a nova tendência entre os casais

Flyworld Jundiaí firma parceria com Faell Vasconcelos

TCP recebe super navio com capacidade para 11 mil TEUs

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Flyworld indica os destinos mais românticos para casais apaixonados

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site