Email: Roseli Abrão

Blog: segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

12:00:04

O prejuízo é o salário

Criada em 2015 num dos pacotaços enviados pelo governador Beto Richa à Assembleia Legislativa, a Companhia Paranaense de Securitização – PRSEC, criada pelo para capitalizar o Estado, esta proibida de atuar por determinação do Tribunal de Contas do Estado.

Sem receita operacional, acumula, mesmo assim, um prejuízo de R$ 1,75 milhão. Isto porque paga, religiosamente, honorários a seus administradores.

Cada diretor da empresa (são três) recebe remuneração de R$25.790,69 mensais e cada conselheiro tem direito a um jeton de R$ 3.794,53 mensais, para participar no mínimo de uma reunião. Os recursos para pagar os salários saem do caixa do Estado.

À frente do Conselho de Administração da Companhia Paranaense de Securitização está o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo.

Estancar a sangria

Com base em informações do site da empresa, o deputado Nereu Mora, líder da bancada do PMDB, apresenta hoje um pedido de informações ao Tribunal de Contas.

Quer saber por que a Corte não toma uma providência como forma de estancar este prejuízo.

-- Na prática, a empresa pública não saiu do papel. Proibida de atuar por ordem do TCE, a Paraná Securitização existe, na prática, apenas para pagar salários para seus diretores e conselheiros, afirma o líder peemedebista.

Segundo o deputado, “sem a finalidade específica para qual foi criada (estruturação e implementação de operações que envolvam a emissão e distribuição de valores mobiliários ou outra forma de obtenção de recursos junto ao mercado de capitais, lastreadas nos direitos creditórios de titularidade do Estado do Paraná), a Companhia Paranaense de Securitização tem como única finalidade dar lucro aos sócios privados e prejuízos aos cofres públicos”.


Blog

Vila Capanema agora é do Paraná Clube

Casa comigo?

Fogo amigo

Bolsonaro estanca; Haddad sobe

Tem Ibope na 5ª feira

A “lógica” de Alckmin

Haddad encosta em Bolsonaro

Cuecas de seda (parte II)

Não há eleição ganha, diz Cida

Só em flagrante delito

Em pauta

Flyworld Jundiaí firma parceria com Faell Vasconcelos

TCP recebe super navio com capacidade para 11 mil TEUs

Turismo Pedagógico é nova aposta da Flyworld em Minas Gerais

Flyworld atrai mais de 300 candidatos a franqueados durante a feira da ABF

Turismo de aventura ganha adeptos e cresce no Brasil

Piracicaba ganha microfranquia da Flyworld Viagens

TCP e Brado Logística desenvolvem ações conjuntas com foco nos clientes

Flyworld indica os destinos mais românticos para casais apaixonados

Namorados devem gastar mais com presentes, diz Datacenso

Flyworld indica destinos para lua de mel no mês das noivas

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Publicidade

Soluções em Comunicação | Assessoria de Imprensa | Edição de Livros

(16) 99418.1551


Copyright © roseliabrao.com

Desenvolvido por: Sky Comunicação e Eventos - www.skycomunicacao.jor.br

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site