Email: Roseli Abrão


Blog: terça-feira, 30 de julho de 2019

08:33:11

Caso de internação

-- Nós estamos, realmente, dentro de um quadro de insanidade, a mais absoluta. Não é mais caso de impeachment, é caso de interdição.

A frase é do jurista Miguel Reale Júnior, que foi um dos autores do pedido de impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff, a respeito das atitudes do presidente Jair Bolsonaro. O jurista ficou indignado com as declarações do presidente que atingiram o presidente da OAB , Felipe Santa Cruz. .

Em entrevista à Rádio Guaíba, Miguel Reale Júnior classificou o presidente como “BolsoNero”, em alusão ao imperador romano, associado à tirania.

-- Isso é fascismo cultural. O que não estiver de acordo, com sua rasa compreensão, tem que ser queimado por isso que eu digo, ele é um ‘Bolsonero’, disparou.

Segundo reportagem da Rádio Guaíba, o jurista condenou a iniciativa do governo federal de limitar a atuação dos conselhos profissionais Brasil afora ao definir que a filiação a essas entidades deva ser opcional, e não obrigatória, para o exercício da profissão. O projeto visa impactar diretamente nas regras de conduta de categorias como médicos, advogados e engenheiros, por exemplo.

-- Bolsonaro está decompondo todo arcabouço de inteligência, crítica e pensamento situado na sociedade civil. Ele desmerece os organismos científicos. Ele acaba de propor um projeto de lei que elimina a necessidade de inscrição na OAB, CRM ou no Conselho Federal de Economia, ou seja, não sei se é um plano, ou algo alucinado de querer desconstituir tudo aquilo que compõe a inteligência, o pensamento e a sensibilidade brasileira, alertou.



Blog: sexta-feira, 26 de julho de 2019

12:06:06

Faltou bala na agulha

A convenção do MDB de Curitiba continua dando pano prá manga. Para alguns emedebistas paranaenses a convenção realizada ontem “fracassou”.

Isto porque não teria alcançado o quórum mínimo exigido pelo estatuto partidário.

Para uma cidade como Curitiba, com mais de 1,3 milhão de eleitores, o número mínimo para dar quórum é de 256 convencionais. Só 195 participaram da convenção de ontem

-- Organizada por conta e risco e em tom desafiador à determinação da Comissão Executiva Estadual, os idealizadores do ato hostil não tiveram bala na agulha para levar o número mínimo de filiados que o estatuto determina, afirmam.

O número mínimo exigido para validar a convenção está explícito no parágrafo único do Artigo 29 do estatuto estipula que diz: “Na Convenção municipal para eleição dos membros do Diretório e da Comissão de Ética o quórum será de 20% do número mínimo de filiados exigido”.

Por sua vez, o número mínimo de filiados exigido está disciplinado no Artigo 129 do Estatuto, sendo aplicável para Curitiba o seu inciso V, que prevê a seguinte equação: “865 (oitocentos e sessenta e cinco) do inciso anterior e mais 1 (um) para cada 2.000 (dois mil) eleitores subsequentes, onde houver mais de 500.000 (quinhentos mil) eleitores”.

-- É fácil a conclusão que já temos um número mínimo de 865 filiados, devendo-se, pois, ser acrescido mais 1 (um) convencional para cada 2.000 eleitores, nos municípios que tiverem mais de 500.000 eleitores, acrescentam.





Blog: quarta-feira, 24 de julho de 2019

10:45:17

Por conta e risco

A decisão do MDB de Curitiba de convocar convenção para esta quinta-feira para renovação do diretório e da executiva partidária é um “confronto aberto com a determinação hierarquicamente superior”. Se a convenção for mesma realizada será anulada pela executiva estadual.

A afirmação é do presidente em exercício do MDB paranaense, deputado Anibelli Neto, que lembrou, em nota oficial, que a executiva estadual decidiu em reunião recente prorrogar o mandato de todos os diretórios municipais até o dia 15 de setembro.

O dirigente emedebista disse que a resolução (nº 02) está em consonância com a diretriz adotada pelo Diretório Nacional do MDB, “que recentemente também prorrogou o seu mandato com vistas a melhor perscrutar o momento político nacional”.

-- No âmbito do Estado do Paraná a decisão de prorrogação visou tentar buscar, quanto o mais possível, uma unificação das datas das convenções, com o objetivo de alcançar melhor organização partidária, afirmou Anibelli.O deputado lamentou a decisão do Diretório Municipal de Curitiba que, “mesmo tendo plena ciência do teor da resolução, resolveu, por conta e risco, marcar a sua convenção na data de 25 de julho, sendo claro o aberto confronto com a determinação hierarquicamente superior”.

Curitiba

Anibelli Neto destaca que “é inegável que a cidade de Curitiba representa uma posição estratégica na política paranaense, sendo absolutamente salutar a prorrogação do mandato do atual diretório, pois não há qualquer prejuízo aos atuais mandatários, tendo em vista que eles permanecerão frente ao comando do partido até se findar o prazo de prorrogação”.

Além disso, acrescente, “é certo que a cidade de Curitiba merece um olhar mais crítico e estratégico, devendo, pois, as ações do partido em Curitiba serem realizadas em prol da candidatura do partido e não de outros interesses puramente mesquinhos e particulares”.






Blog: segunda-feira, 22 de julho de 2019

13:16:01

#DentroDaLei

Curitiba sediará no dia 30 de julho o Fórum #DentroDaLei, que contará com a participação do presidente do Instituto Brasileiro de Ética Concorrencial (ETCO), advogado Edson Vismona.

O encontro terá lugar no anfiteatro da FAE.

Vismona será um dos debatedores do painel "#DentroDaLei: Suas atitudes compactuam com a corrupção. Como solucionar esse mal", que também contará com as participações do superintendente da Receita Federal da 9ª Região Fiscal (PR/SC), Luiz Bernardi, do secretário executivo da Prefeitura Municipal de São Paulo, Fábio Lepique, e do jornalista e escritor Guilherme Fiuza. O painel terá mediação do escritor Augusto Nunes.

-- Enquanto houver demanda por produtos contrabandeados e falsificados no Brasil termos que conviver com a criminalidade e a corrupção. O respeito à ética e às leis, mesmo àquelas com as quais não concordamos, é um dos pilares que sustentam qualquer país desenvolvido, destaca Vismona, que também preside o Fórum Nacional contra a Pirataria.

#DentroDaLei

O movimento #DentroDaLei foi criado em maio de 2019 e tem como principal objetivo conscientizar o cidadão comum sobre a sua responsabilidade e contribuição na manutenção da corrupção e o crescimento da criminalidade no Brasil.

O presidente do ETCO explica que esse processo de formação de uma cultura de consciência ética e cidadã se dá por meio de campanhas e fóruns de debates como o que será realizado em Curitiba.

-- Precisamos colocar gente comum nesse fórum para ouvir sobre como comprar um produto contrabandeado contribui para a criminalidade e a corrupção no nosso país. As pessoas precisam ser informadas e tomar consciência disso. Sem informação e consciência não haverá mudança de atitude, sentencia.

Painel

O tema do outro painel do Fórum #DentroDaLei será "Como combater as facções criminosas e reduzir a criminalidade no país", que contará com as participações do deputado federal Efraim Morais Filho, que preside a Frente Parlamentar Mista de Combate ao Contrabando e à Falsificação, o secretário da Fazenda do Paraná, Renê Garcia Júnior, e o analista de políticas públicas e consultor de Segurança Pública, Paulo Storani, antropólogo, capitão do Bope do Rio de Janeiro e consultor dos dois filmes Tropa de Elite. Esse painel será mediado por Rodrigo Constantino.

Os interessados em participar podem fazer inscrições (que são gratuitas, mas as vagas são limitadas) por meio do link https://bit.ly/2YdsUD4.


Blog: segunda-feira, 22 de julho de 2019

09:48:52

Nada...

Na ampla pesquisa que fez sobre o governo de Jair Bolsonaro, o Datafolha perguntou aos entrevistados o que marcou os primeiros seis meses de governo.

Nada que mereça destaque, responderam 39% (quatro em cada dez entrevistados). Soma-se a isso os 19% que não souberam responder. As respostas eram livres.

Segundo a pesquisa, esse percentual sobe para 45% entre mulheres e pessoas com apenas o ensino fundamental, para 46% entre negros, para 47% no Nordeste, para 52% entre adeptos de religiões de matrizes africanas e para 76% entre quem avalia o governo como ruim ou péssimo.

Entre os que afirmam que votaram em Bolsonaro no segundo turno, 17% disseram não ter nada a destacar de muito positivo.

Dos entrevistados que responderam, 8% consideram que houve avanços na segurança, 7% mencionaram a reforma da Previdência, 4% afirmam que houve combate à corrupção e 4% citaram os decretos de flexibilização do posse e porte de armas. O fim do horário de verão foi apontado por 1%.

Segundo análise da Folha, os decretos das armas aparecem em primeiro lugar entre as iniciativas ruins, mencionados por 21% dos entrevistados. O repúdio é maior entre os negros (25%), quem avalia o governo como ruim ou péssimo (27%) e espíritas (28%).

Logo em seguida na lista de piores medidas vêm reforma da Previdência (12%) e imagem pública (9%) - este último quesito inclui declarações consideradas desnecessárias, uso de palavras ofensivas, postura em relação aos filhos e articulação política.

Outros 3% elegeram os cortes de verbas na educação e 1% citaram racismo ou homofobia e aumento do desemprego, entre outras respostas.

A pesquisa ouviu 2.860 pessoas com mais de 16 anos, em 130 cidades nos dias 4 e 5 de julho.




Blog

MDB expulsa três vereadores

Aposentadoria na pauta da Câmara

Um só partido?

Aécio fica no PSDB

Assembleia aprova reajuste dos servidores estaduais

Tem coisa bem pior

Alvaro diz não. Arns e Oriovisto se calam

PSB filia empresários

Novo vereador

Lei Maria da Penha

Em pauta

Tecnologia não substitui agente de viagem na hora da compra

Flyworld realiza quarta convenção nacional de franqueados

TCP lidera movimentação de contêineres no Sul do Brasil

Marketing online é decisivo para sucesso de negócios em franquias

Flyworld inaugura terceira unidade no Rio Grande do Sul

TCP investe em 30 projetos ambientais em 2018

TCP finaliza obras de ampliação do cais de atracação

Flyworld participa da Black Friday 2018

Aracaju ganha primeira unidade Flyworld

Resort e Hotel fazenda são opções para a semana da criança

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

(41) 3367.2466 | 3367.3544


Copyright © roseliabrao.com

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site