Email: Roseli Abrão


Blog: segunda-feira, 13 de junho de 2011

18:52:02

Leia agora: Falta um “triz” para Fruet voltar ao PMDB

Para os peemedebistas envolvidos nas negociações para levar o ex-deputado Gustavo Fruet para o partido, falta "um triz". Leia mais na coluna da jornalista Roseli Abrão.

PRB reafirma apoio a Ducci

A nova executiva do PRB de Curitiba, que tem à frente o vereador Valdemir Soares reafirmou o apoio do partido à reeleição do prefeito Luciano Ducci. Segundo o vereador, o partido entende que “a continuidade da administração municipal é o melhor caminho para o bom andamento de projetos de longo prazo para a cidade, como a Copa do Mundo de 2014 e obras de mobilidade urbana”.

Eles que se expliquem

Pelo twitter, o senador Roberto Requião provocou o ex-governador Orlando Pessuti, que em entrevista à rádio CBN de Curitiba o responsabilizou pelas denúncias contra seu pupilo Sérgio Souza.

-- Não vou entrar em discussão com o gafanhoto chefe, nem com mamãe gafanhota e seu piá. Eles que se expliquem!

Quanto à “Veja” Requião repetiu o que pensa da revista:

-- Veja, não compre, se comprar não leia, se ler relinche...

Pessuti acusa Requião pelas denúncias da “Veja” contra Sérgio Souza

O ex-governador Orlando Pessuti acusou diretamente o senador Roberto Requião pelas denúncias da revista “Veja” contra o advogado Sérgio Souza que nesta terça-feira assume o Senado substituindo Gleisi Hoffmann.

Em entrevista à rádio CBN de Curitiba, Pessuti negou todas as acusações. Disse que o futuro senador nunca foi “gafanhoto” da Assembléia Legislativa, como diz a “Veja”.

Na verdade, Pessuti culpou Requião por todas as “maldades” que surgem na mídia contra ele, sua mulher, Regina, e seu pupilo Sérgio Souza.

PDT deve ser o caminho de Fruet

O PDT do ex-senador Osmar Dias deve ser o novo partido do ex-deputado Gustavo Fruet que nos próximos dias dirá adeus ao PSDB.

Atentos observadores da cena política avaliam, no entanto, que Fruet estará trocando seis por meia dúzia, afinal, o PDT integra a base do prefeito Luciano Ducci na Câmara Municipal e do governador Beto Richa na Assembléia Legislativa.

A não ser, é claro, que haja uma intervenção por parte da direção estadual do partido.



Blog: sexta-feira, 10 de junho de 2011

17:28:08

Em dez dias, Fruet deixa o PSDB

O ex-deputado Gustavo Fruet anuncia num prazo de dez dias sua saída do PSDB. A informação é de um integrante de seu grupo que revela que sua saída do ninho tucano não implica na escolha imediata de um novo partido.

Fruet vai decidir seu rumo partidário com o grupo de partidos que quer apoiar sua candidatura à Prefeitura de Curitiba.

De acordo com a legislação eleitoral, o ex-deputado tem até o final de setembro para se filiar a um novo partido para poder se candidatar nas eleições do ano que vem.

Ducci vai a Suécia e Espanha. Derosso assume prefeitura

O prefeito Luciano Ducci, do PSB, fará uma viagem de oito dias ao exterior. No roteiro, Suécia e Espanha. Ducci, que passou o cargo nesta sexta-feira ao presidente da Câmara Municipal, vereador João Cláudio Derosso, do PSDB, vai a Suécia para, a convite da presidência mundial da Volvo, conhecer as instalações da empresa na cidade de Gotemburgo.

Na quarta-feira, Ducci segue para Madri, onde fará visitas técnicas à Central de Controle de Tráfego, ao Sistema de Metrô e aos corredores de transporte da cidade.

Luciano Ducci retorna ao Brasil no sábado, dia 18 de junho.

Requião reúne PMDB neste sábado

O senador Roberto Requião promove, neste sábado, um encontro com militantes e membros do diretório do PMDB de Curitiba. Será a partir das 10h30 na sede do diretório regional do partido, na Avenida Vicente Machado.

Em pauta, o planejamento estratégico das eleições municipais de 2012 na capital e a organização do partido para a disputa, segundo informa o blog do deputado João Arruda.

-- O PMDB deve começar com um projeto claro para Curitiba, privilegiando a população e não os negocistas, defende Requião.


Blog: quinta-feira, 9 de junho de 2011

09:46:01

Lula elogia Gleisi, em Curitiba

Por Ana Cunha Abrão com informações da Agência Estado

O ex-presidente Luis Inácio Lula da Silva esteve em Curitiba nesta quinta-feira, em um encontro que reuniu cerca de 300 mulheres catadoras de papel. Durante seu discurso, Lula falou sobre a escolha de Gleisi Hoffmann para a chefia da Casa Civil.

Para ele, a presidente Dilma escolheu a senadora paranaense no momento correto e elogiou:

-- Acho Gleisi uma figura excepcional. Conheço a Dilma e conheço a Gleisi e acho que elas vão fazer muita coisa nesse País.

Leia agora

Gleisi passa a ser a grande eleitora. Em Curitiba e no Paraná. Leia agora na coluna de Roseli Abrão

Osmar já pensa em 2010

Presente à posse de Gleisi Hoffmann na Casa Civil, o ex-senador Osmar Dias, hoje na vice-presidência de Agronegócios do Banco do Brasil, confidenciou que pensa em concorrer novamente ao governo do Estado nas eleições de 2.014.

Com uma ressalva: se Gleisi não for candidata.

Peemedebistas querem a “cabeça” de Traiano

O jantar oferecido aos deputados da base aliada pelo líder do governo na Assembléia Legislativa, Ademar Traiano, na segunda-feira, pode ter sido a gota d’água para os peemedebistas “excluídos” da festa. Seguros que Beto Richa os quer na base de apoio, os “excluídos” estão dispostos a pedir da “cabeça” de Traiano ao governador. Na avaliação dos “excluídos”, Traiano dispersa a base ao fazer “retaliação política”.

Briga entre Requião e Pessuti leva Bete Pavin aos braços de Richa

A ex-deputada Bete Pavin confidenciou a alguns deputados peemedebistas que recebeu, sim, convite do governador Beto Richa para ser candidata à prefeitura de Colombo pelo PSDB.

Segundo ela, teria sua candidatura garantida, o que não aconteceria no PMDB em razão da briga entre o senador Roberto Requião e o ex-governador Orlando Pessuti.

Pavin não tem segurança que poderia articular uma aliança em razão deste imbróglio no PMDB.


Blog: quarta-feira, 8 de junho de 2011

15:49:00

Leia na coluna da Roseli Abrão: Dilma queria Gleisi desde o começo

Ministro Paulo Bernardo revela: Dilma queria Gleisi desde o começo.

Depois de cinco meses de mandato, Gleisi deixa Senado e assume Casa Civil

Por Ana Cunha Abrão

A senadora paranaense se despediu hoje do Senado Federal, depois de apenas cinco meses de mandato. Gleisi, a primeira mulher eleita senadora pelo Paraná, foi escolhida pela presidente Dilma para assumir o cargo de ministra-chefe da Casa Civil e substituir Antonio Palocci.

Em seu discurso de despedida, no início da tarde desta quarta-feira, Gleisi afirmou que não se afastará dos compromissos assumidos como Senadora.

-- Estou mudando de instância, mas não de caminho, afirmou.

A nova ministra-chefe da Casa Civil disse que a presidente Dilma a designou para uma missão que ela irá cumprir.

-- Sempre fui incisiva na defesa de seu governo, não pelo simples fato de pertencer a sua base, mas sobretudo porque acredito no projeto que ela representa para o futuro do País.

Pessuti é o novo Conselheiro do BNDES

Por Ana Cunha Abrão

A nomeação do ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti, como Conselheiro de Administração do Banco Nacional de Desenvolvimento (BNDES) foi publicada hoje no Diário Oficial da União. A notícia é do site oficial de Pessuti que informa que o ex-governador está em Brasília com o advogado Sergio Souza, participando da posse de Gleisi Hoffmann como ministra da Casa Civil.

Pessuti comemora ida de Sergio Souza ao Senado

Por Ana Cunha Abrão

Em nota divulgada à imprensa, o ex-governador do Paraná, Orlando Pessuti, falou sobre a ida do advogado Sergio Souza para a vaga deixada por Gleisi Hoffmann no Senado Federal. O suplente conquistou o direito de assumir a cadeira na última terça-feira, quando Gleisi Hoffmann aceitou o convite da presidente Dilma para ser a nova ministra da Casa Civil, em Brasília.

Pessuti lembrou a trajetória de Souza que ‘começou ainda menino como Office-boy e em 2002 já poderia ter disputado as eleições para deputado’, e afirmou que o advogado está qualificado para assumir a vaga.

-- É uma pessoa de nossa extrema confiança, um homem de família e altamente qualificado na profissão. Quando fizemos a indicação de seu nome para ser o suplente da Gleisi, tínhamos a certeza de que estava à altura do cargo e que tem plena capacidade para assumir esta importante função, disse em nota.

No Twitter, Pessuti parabeniza Gleisi e comemora Souza

Por Ana Cunha Abrão

Em sua conta no Twitter, o ex-governador Orlando Pessuti seguiu comemorando Sergio Souza no Senado Federal. Primeiro, Pessuti parabenizou Sergio Souza pela conquista da vaga no Senado e lembrou que o advogado é ‘menino do Vale do Ivaí’ e afirmou que Souza ‘fará bonito em Brasília’.

Depois, parabenizou Gleisi.

“A menina @gleisi os melhores votos de sucesso na empreitada na Casa Civil, agora nas mãos de uma paranaense. Nossas sinceras felicitações”.

Requião elogia Gleisi e se diz satisfeito com escolha de Dilma

Por Ana Cunha Abrão

A escolha de Gleisi Hoffmann para a Casa Civil agradou ao senador paranaense Roberto Requião. Nesta quarta-feira, Requião disse, em áudio disponibilizado em seu site, que Gleisi é trabalhadora, minuciosa e dedicada e afirmou que a ida da senadora paranaense à Casa Civil trará uma mudança de qualidade no governo Dilma Rousseff.

Requião frisou a amizade e parceria com Gleisi Hoffmann e lembrou que a senadora conhece todos os prefeitos paranaenses, o que irá abrir portas, segundo o senador, para entendimento e contato entre as administrações municipais e governo Federal.

-- A minha companheira de bancada, senadora Gleisi, contará com o meu apoio e de todos os paranaenses que têm mandato aqui em Brasília, de uma forma muito decidida, disse o senador.

O suplente de Gleisi

Para quem não conhece Sérgio Souza, aqui uma foto do substituto de Gleisi no Senado

Nas manchetes dos jornais

Gleisi, que assume nesta quarta-feira a Casa Civil, foi manchete dos principais jornais nacionais.

Folha de S.Paulo -- Crise derruba Palocci; Dilma põe senadora novata na Casa Civil

O Estado de S.Paulo --Escândalo derruba Palocci e senadora assume Casa Civil

Valor Econômico -- Dilma demite Palocci e nomeia Gleisi

Correio Braziliense -- Palocci cai e Dilma põe senadora na Casa Civil

Estado de Minas -- Palocci sai e senadora Gleisi assume Casa Civil

Brasil Econômico -- Palocci cai pela segunda vez e dá lugar a Gleisi Hoffmann

Gleisi, a “pitbull” do Senado

Matéria da folha.com aponta a senadora Gleisi Hoffmann, do PT, como a “pitbull” do Senado.

Uma "dama de ferro" por fazer defesas enfáticas do governo em seus três meses no Senado, diz o site.

De todas as cores partidárias

Quem acompanha o twitter do prefeito de Curitiba, Luciano Ducci, do PSB, acompanha as visitas que recebe em seu gabinete no Palácio 29 de Março. Uma chama a atenção: num mesmo dia, Ducci recebeu o deputado Mauro Moraes, do PSDB, do ex-deputado federal Marcelo Almeida, do PMDB, e do ex-deputado estadual Luiz Carlos Martins, do PDT.

O assunto sempre é a sucessão no ano que vem, mas Ducci se mantém em silêncio. Continua dizendo que ainda é cedo para tratar das eleições sob pena de tirar o foco de sua administração.


Blog: terça-feira, 7 de junho de 2011

09:08:29

Para Beto Richa, Paraná sai fortalecido com Gleisi

Por Ana Cunha Abrão

Em nota divulgada no final desta terça-feira (7), o governador do Paraná, Beto Richa, afirmou que o Estado sai fortalecido com a escolha de Gleisi Hoffmann para a chefia da Casa Civil. Para Richa, a senadora do PT paranaense pode representar bem e defender com determinação os interesses do Paraná no governo Federal.

Veja a nota oficial:

“O Paraná sai fortalecido com essa escolha. A senadora Gleisi Hoffmann tem todas as condições de representar bem e defender com muita determinação os interesses do Estado no governo federal. Esperamos continuar tendo com a nova ministra uma relação muito positiva para o Paraná.

Sabemos que a articulação política e administrativa do governo federal é determinante para que o Brasil possa seguir avançando, com programas sociais vigorosos e desenvolvimento econômico equilibrado. Pessoalmente, desejo sucesso à nova ministra. Que ela possa vencer os desafios que se colocam no dia a dia da administração federal e contribuir para que o Brasil supere os problemas que ainda dificultam o nosso crescimento".

Gleisi Hoffmann entra nos Trends Topics do Twitter

Por Ana Cunha Abrão

O convite feito pela presidente Dilma para que a senadora paranaense Gleisi Hoffmann assuma a chefia da Casa Civil teve repercussão nacional e o nome da senadora foi parar nos Trends Topics no Twitter. O nome da nova chefe da Casa Civil encabeça a lista de assuntos mais comentados no momento no Brasil e também aparece na lista global.

Veja o que alguns políticos paranaenses disseram sobre o assunto:

-- Todo apoio e simpatia com Gleisi na Casa Civil (senador Roberto Requião)

-- Desejo sorte para a senadora Gleisi. Tenho esperança que o PR ganhe com isso. (governador Beto Richa)

-- No que conhecemos @Gleisi sabemos que desempenhara a contento a nova missão. O dialogo e a competência serão as suas marcas. (deputado Federal/PT - André Vargas)

-- Querida @Gleisi, parabéns pela nomeação. Vamos trabalhar novamente juntos, agora no Planalto. Conte comigo! (Rodrigo Rocha Loures, chefe de Relações Internacionais da Vice Presidência da República)

-- Paranabenizo a colega e agora ministra paranaense do Governo Dilma, Gelisi Hoffmann (@Gleisi). O Paraná ganha mais representatividade política (deputado estadual/PV, Rasca Rodrigues)

Gleisi assume Casa Civil nesta quarta-feira

Por Ana Cunha Abrão com informações do G1

A senadora paranaense Gleisi Hoffmann (PT), assume a chefia da Casa Civil nesta quarta-feira (8), quando faz um pronunciamento no Senado, às 14 horas e participa da cerimônia de posse às 16h30, no Palácio do Planalto. Gleisi aceitou o convite para substituir o ex-ministro Antonio Palocci no final da tarde de hoje.

Em entrevista coletiva, a nova ministra da Casa Civil afirmou que o compromisso assumido com Dilma Rousseff é um compromisso com o País.

-- Aceitei esse convite sabendo do tamanho da responsabilidade, afirmou.

Ainda de acordo com Gleisi Hoffmann, o convite por parte da presidente Dilma é uma ação de gestão que tem como objetivo a gestão técnica da Casa Civil.

-- Ela disse que meu perfil é um perfil que se adequa ao que ela pretende agora na Casa Civil, que é o acompanhamento dos projetos do governo, explicou.

Gleisi aceita convite e assume chefia da Casa Civil

Por Ana Cunha Abrão

A senadora do PT paranaense, Gleisi Hoffmann, aceitou o convite da presidente Dilma Rousseff para ser ministra da Casa Civil, em Brasília. A senadora que cumpre seu primeiro mandato, substituirá o ex-ministro Antonio Palocci.

A vaga de Gleisi no Senado deve ser assumida pelo advogado Sérgio Souza, filiado ao PMDB e ligado ao ex-governador paranaense, Orlando Pessuti.

Dilma convida Gleisi para substituir Palocci

A senadora paranaense Gleisi Hoffmann, do PT, foi convidada pela presidente Dilma Roussef para substituir o ministro Antonio Palocci na chefia da Casa Civil.

Palocci entregou, na tarde desta terça-feira, carta à presidente Dilma Rousseff solicitando o seu afastamento do governo.

Aqui, na íntegra, a nota divulgada pela Casa Civil sobre o pedido de afastamento de Palocci:

“O ministro Antonio Palocci entregou, nesta tarde, carta à presidenta Dilma Rousseff solicitando o seu afastamento do governo.

O ministro considera que a robusta manifestação do Procurador Geral da República confirma a legalidade e a retidão de suas atividades profissionais no período recente, bem como a inexistência de qualquer fundamento, ainda que mínimo, nas alegações apresentadas sobre sua conduta.

Considera, entretanto, que a continuidade do embate político poderia prejudicar suas atribuições no governo. Diante disso, preferiu solicitar seu afastamento”.

Leia Em Pauta

Ducci volta de Brasília com recursos para Curitiba.

Requião divide deputados

A candidatura do senador Roberto Requião à presidência do PMDB de Curitiba divide os deputados estaduais. Enquanto Caito Quinta diz que pode ser um nome para resolver o “imbróglio”do partido na Capital, Nereu Moura acha que o nome para unir o PMDB em Curitiba seria do ex-secretário Renato Adur. Para Nereu, Requião não teria tempo nem disposição para cuidar do partido em Curitiba.

O presidente do PMDB paranaense, deputado Waldyr Pugliesi, não quis polemizar.

Segundo ele, até o dia 17 de julho, data da convenção municipal, será “aberto o caminho que será trilhado por todos”.

PMDB faz convenção em 54 municípios

Reunida na noite de segunda-feira, a executiva do PMDB paranaense definiu os municípios onde serão realizadas as convenções.

Ao todo são 54 e, segundo Pugliesi, são municípios que têm comissões provisórias e também onde há divergências entre lideranças.

A partir destas convenções, segundo ele, o PMDB poderá definir os futuros pré-candidatos ou filiar novas lideranças antes do início de outubro, último prazo para filiação de quem vai concorrer nas eleições municipais de 2012.

Os 54 municípios

Aqui, a relação dos municípios que realizarão eleitos no dia 17 de julho: Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, Foz do Iguaçu, Araucárias, Bandeirantes, Cambará, Cândido de Abreu, Carlópolis, Cidade Gaúcha, Chopinzinho, Colombo, Entre Rios do Oeste, Farol, Florestópolis, Guaraci, Indianópolis, Jaguapitã, Jundiaí do Sul, Jussara, Laranjal, Lidianópolis, Marialva, Palmas, Piraquara, Realeza, Sarandi, Tijucas do Sul, Tunas do Paraná, Irati, Paulo Frontin, Curiúva, São Sebastião da Amoreira, Arapoti, São José dos Pinhais, Quedas do Iguaçu, Cerro Azul, Nova Fátima, Cafelândia, Iracema do Oeste, Catanduvas, Iguatu, São Miguel do Iguaçu, São João, Campo Bonito, Cantagalo, Lindoeste, Nova Laranjeiras, São Jorge D'Oeste, Pato Branco, Castro, Telêmaco Borba e Paranavaí.

Requião apela ao CNJ

O senador Roberto Requião quer que o Conselho Nacional de Justiça apure porque as denúncias de corrupção que ele fez durante seu governo “demoram tanto para serem julgadas, ao passo que ações por dano moral contra ele correm com rapidez”.

Segundo Requião, o seu patrimônio está sendo “objeto de chantagem continuada”, na tentativa de silenciá-lo.

Em seu site, Requião lembra que foi condenado recentemente porque denunciou o desvio de 10 milhões de reais do DER, já nos últimos dias do governo Jaime Lerner, para pagar uma obra que já havia sido quitada há anos. “O desvio está documentado, inclusive por um parecer do departamento jurídico do órgão, que se posicionava contra o pagamento”.

Requião quer que o CNJ tome conhecimento das seguidas ações em que ele é condenado, acusado de injúria, por denunciar atos de corrupção, “enquanto os responsáveis por desvios de dinheiro público permanecem impunes”.

Nem com esforço concentrado

O presidente da Assembléia Legislativa, deputado Valdir Rossoni, pediu ao presidente da comissão especial criada para ouvir os candidatos a conselheiro do Tribunal de Contas, deputado Elio Rusch, que faça um “esforço concentrado” para concluir as “oitivas” a tempo de a eleição ser realizada no final do mês.

Mas o próprio Rusch acha difícil, afinal, com a reabertura do prazo foram registrada, no total, 42 inscrições. Até agora, apenas 13 candidatos foram ouvidos.

De cara nova

O site da Agência Estadual de Noticias está de cara nova.

Nos primeiros cinco meses do governo Beto Richa a AEN manteve o mesmo designer que prevaleceu nos oito anos de governo Requião e Pessuti.

Ministro do STF critica excesso de partidos

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, criticou o número excessivo de partidos no Brasil ao participar de um debate sobre reforma política na Fecomércio de São Paulo, na segunda-feira.

--É um absurdo termos 27 partidos políticos, fora os que estão em formação. Com esse número é impossível se chegar a um consenso e, por isso, muitas questões acabam chegando ao STF, onde 11 pessoas discutem e seis resolvem, afirmou.




Blog: sexta-feira, 3 de junho de 2011

09:10:56

Maioria desaprova administração de Londrina

Há um ano e quatro meses da reeleição, o prefeito de Londrina, Barbosa Neto, do PDT, enfrenta um índice de desaprovação de sua administração de 52,42%. É o que revela uma pesquisa realizada entre os dias 26 e 30 de maio, pela Paraná Pesquisa, ouvindo 686 eleitores.

Aprovam governo de Barbosa Neto, 42,86% dos entrevistados.

Os maiores problemas, segundo os pesquisados, são saúde (65,60%) e segurança pública (43,73%).

Acima de dois dígitos, falta de pavimentação (18,51%), drogas (14,87%) e educação (10,64%).

No inicio da semana devem ser revelados os números da pesquisa sobre como anda a sucessão em Londrina.

Decisão do TSE fortalece PSD

O presidente do PSD paranaense, deputado Eduardo Sciarra, comemorou a decisão do Tribunal Superior Eleitoral que, por unanimidade, confirmou que a filiação a um partido novo no prazo de 30 dias após o seu registro definitivo na Justiça Eleitoral não configura infidelidade partidária.

Assim, quem assinar ficha de filiação nesse prazo não correrá risco de perda de mandato

Para Sciarra, a decisão afasta qualquer insegurança jurídica que houvesse em relação à interpretação da legislação eleitoral.

-- Agora não há mais dúvidas sobre esta questão e muitos prefeitos e parlamentares devem confirmar o ingresso no PSD nos próximos dias em todo o país, comemorou.

Alvaro no Roda Viva

O senador paranaense Alvaro Dias, líder do PSDB no Senado, será o entrevistado do programa “Roda Viva” da TV Cultura na próxima segunda-feira.

Apresentado por Marília Gabriela, o programa vai ao ar a partir das 22h15 e terá na bancada de entrevistadores formada pelos jornalistas Augusto Nunes, Paulo Moreira Leite, Reinaldo Azevedo e Ricardo Melo, além do cartunista Paulo Caruso.

Em pauta, a atual situação na política brasileira e o papel da oposição.

Debate sobre a reforma política

O PT paranaense promove no próximo dia 13 um debate sobre a reforma política. O debate terá a participação do presidente da Fundação Perseu Abramo, e ex-ministro dos Direitos Humanos no governo Lula, Nilmário Miranda, do cientista político Ricardo Oliveira e o advogado Luiz Fernando Pereira. Será na sede do partido, às 19 horas.


Blog: quinta-feira, 2 de junho de 2011

09:16:40

Fruet não aceita ser comparado a Osmar

É voz corrente nas rodinhas de políticos que o ex-deputado Gustavo Fruet está demorando demais para tomar uma decisão. Se fica no PSDB ou busca outro partido. A avaliação que alguns políticos fazem é que ele corre o mesmo risco do ex-senador Osmar Dias, que nas duas últimas eleições demorou demais para decidir sobre sua candidatura ao governo, o que pode até tê-lo prejudicado.

Mais um infiel?

Além de Colombo, o PMDB deve ficar de olho em Morrestes, onde o ex-prefeito Helder Teófilo dos Santos, que é pré-candidato às eleições do ano que vem, se aproxima do PSDB.

Helder, assim como Bete Pavin, de Colombo, estariam sendo cooptados pelos deputados Valdir Rossoni e Ademar Traiano.

Na última segunda-feira a executiva do PMDB decidiu intervir nos diretórios municipais onde os pré-candidados mudarem de partido.

Herdeiros políticos de olho na prefeitura de Guarapuava

A disputa pela prefeitura de Guarapuava, no ano que vem, pode envolver dois herdeiros políticos. De um lado, Cesar Silvestri Filho, do PPS, filho do deputado federal Cesar Silvestri; de outro Artagão Júnior, do PMDB, filho do ex-deputado e conselheiro do Tribunal de Contas.

Nada a declarar

O presidente do Conselho de Ética da Assembléia Legislativa, deputado Edson Praczyk, do PRB, encontrou uma maneira elegante para se esquivar dos jornalistas que querem saber se ele vai acatar a representação apresentada pelo petista Tadeu Veneri contra o peemedebista Reinhold Stephanes Júnior.

-- Agradeço o convite, mas no momento não estou dando entrevistas...


Blog: quarta-feira, 1 de junho de 2011

08:49:04

Requião já esteve mais resistente à volta de Fruet, diz Adur

O senador Roberto Requião já esteve mais reticente ao ingresso do ex-deputado Gustavo Fruet no PMDB. A certeza é do ex-deputado Renato Adur, que vem conduzindo as negociações, e que já promoveu um encontro entre Fruet e o irmão do senador, Mauricio Requião.

Segundo Adur, não está longe o momento de um encontro entre Fruet e Requião.

CCJ DO SENADO REJEITA CANDIDATURA AVULSA

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado derrubou nesta quarta-feira a primeira proposta elaborada pela Comissão Especial de Reforma Política, a que abriria espaço para candidaturas avulsas.

Prevaleceu o entendimento que a proposta enfraquece o sistema partidário brasileiro ao permitir candidaturas avulsas.

O senador paranaense Alvaro Dias, do PSDB, foi um dos que votaram contra. Segundo ele, a proposta leva à desorganização do sistema político.

-- Imagina regulamentar o horário de televisão e rádio com as candidaturas avulsas? questionou.

Na avaliação do senador tucano, a proposta busca democratizar o acesso ao sistema político, mas erra em esvaziar os partidos.

GLEISI SUGERE SAÍDA DE PALOCCI

A senadora paranaense Gleisi Hoffmann sugeriu ao PT a saída do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. A informação é do jornal “Folha de S. Paulo”.

Segundo o jornal, a sugestão foi feita durante almoço que ofereceu, na semana passada, ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

A “Folha” revela que, de acordo com pessoas que estavam no almoço, Gleisi perguntou ao ex-presidente se era "estratégico" mobilizar o governo e sua base em defesa de um projeto pessoal, em referência à evolução patrimonial de Palocci.

A senadora chegou a comparar o momento atual ao escândalo do mensalão, reportou o jornal.

PESSUTI PÕE LERNER E REQUIÃO NUM MESMO SACO

O ex-governador Orlando Pessuti vem usando seu twitter para falar das realizações de seu governo que, na maioria das vezes, se confundem com as do governo Requião.

Fala em “herança bendita”.

Mas o que chama a atenção é a provocação que ele faz a seu antecessor ao responsabilizá-lo, assim como ao ex-governador Jaime Lerner, por não resolverem um problema em Londrina:

-- Em 15 anos de governo Lerner/Requião não resolveram construção viaduto Jamile Dequech em Londrina. Em 9 meses o governo Pessuti resolveu.

O TROCO DE REQUIÃO

O senador Roberto Requião reagiu à decisão do governador Beto Richa de cancelar a aposentadoria de ex-governadores com duas provocações em seu twitter:

-- Beto Richa preserva pensão de sua mamãe. Afinal foi criado com esta graninha!

-- Betinho, se só vale dispositivo constitucional de 88, a pensão da mami é reduzida à cinco salários mínimos. Atenção MP, para maracutaia.


Blog: terça-feira, 31 de maio de 2011

08:50:24

PMDB fecha o cerco aos infiéis

Diante do assédio tucano (ou palaciano) a pré-candidatos do partido às eleições municipais do ano que vem, como acontece em Colombo, onde a ex-deputada Bete Pavin está sendo cooptada para disputar a prefeitura pelo PSDB, a executiva do PMDB paranaense decidiu fechar o cerco a possíveis “infiéis”. Reunida na noite de segunda-feira, a executiva decidiu dissolver os diretórios nos municípios em que os pré-candidatos mudarem de partido.

VARGAS DENUNCIA GOLPISTAS

O deputado André Vargas, do PT, ainda não conseguiu se livrar dos “bandidos” que usam seu nome para aplicar golpe em prefeitos e vereadores. Segundo o deputado, esses “golpistas” telefonam para Prefeituras e Câmaras de Vereadores do Paraná e pedem auxílio em crédito para celular para que possam assim acionar o socorro ou seguro do carro que estaria quebrado.

André Vargas já denunciou o fato junto à Polícia Civil, Federal e Legislativa, mas até agora não se conseguiu chegar até eles que usam telefone celular pré-pago com prefixo 61 ou 66.

BETO VOLTA A CANCELAR APOSENTADORIAS DE EX-GOVERNADORES

O governador Beto Richa voltou a cancelar as aposentadorias de ex-governadores requeridas após a Constituição de 1988. Segundo o Palácio das Araucárias, elas foram canceladas definitivamente após a Procuradoria Geral do Estado analisar e rejeitar as defesas apresentadas pelos ex-governadores Jaime Lerner, Roberto Requião, Mário Pereira e Orlando Pessuti.

Segundo a PGE os benefícios são irregulares, por não estarem previstos no texto constitucional e a decisão vai na esteira da posição adotada nesta semana pela Procuradoria Geral da República, que deu parecer favorável à Ação Direta de Inconstitucionalidade ajuizada pela Ordem dos Advogados do Brasil que questiona a aposentadoria vitalícia para ex-governadores do Paraná.

PESSUTI NÃO ESCONDE MAIS QUE QUER COMANDO DO PMDB

O ex-governador Orlando Pessuti não esconde mais que quer assumir o comando do PMDB paranaense. Se antes insinuava, hoje deixa claro. Como aconteceu no último final de semana nas reuniões que promoveu em Cascavel e Laranjeiras do Sul.

A movimentação de Pessuti pelo interior do Estado e seu desejo de assumir o PMDB paranaense foi tema de uma conversa a portas fechadas, segunda-feira, entre deputados do partido na Assembléia Legislativa.


Blog: segunda-feira, 30 de maio de 2011

09:17:28

Requião quer referendo para a reforma política

O senador Roberto Requião defendeu nesta segunda-feira, em Curitiba, a realização de um referendo para a população brasileira dizer se aceita ou não as mudanças no sistema político em debate no Congresso Nacional.

VENERI DISPONIBILIZA NOTAS FISCAIS

O deputado Tadeu Veneri, do PT, está digitalizando as notas fiscais, e vai colocá-las em seu site, para pôr fim às suspeitas levantadas pelo deputado Stephanes Júnior, do PMDB, que disse que ele teria “embolsado” 150 mil reais no final de 2.006

A SUCESSÃO EM CAMPO LARGO

Não é só em Colombo que a sucessão municipal pode ganhar novos contornos. Em Campo Largo, também na Região Metropolitana de Curitiba, o prefeito Edson Basso já estaria preparando seu sucessor, que seria o presidente da Cocel – Companhia Campolarguense de Energia, Udo Schmidt Neto.

ESCUDEIRA DE REQUIÃO NO NINHO TUCANO?

Há quem garanta que a ex-deputada Bete Pavin avalia a possibilidade de trocar o PMDB pelo PSDB. Uma das fieis escudeira do senador Roberto Requião, ela estaria sendo cooptada pelos deputados Valdir Rossoni e Ademar Traiano para ser a candidata tucana à prefeitura de Colombo nas eleições do ano que vem.

REQUIÃO VAI ASSINAR CPI DE PALOCCI

Ao participar neste domingo de uma reunião do PMDB em Telêmaco Borba, o senador Roberto Requião anunciou que irá assinar o pedido de CPI para investigar o crescimento patrimonial do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci.

A informação está no site do senador e também em seu twitter.




Blog

Dentro da margem de erro

Recall de presidente

Efeito zero?

Novas eleições

Pode perder o mandato

Em defesa do consumidor

Osmar recebe PRB

Mitos eleitorais

A volta do MDB

Osmar, Cida ou Ratinho?

Em pauta

Músicas antigas

Novos acadêmicos

Acupuntura, mitos e verdades

É preciso manter a esperança

TCP inaugura armazém de exportação e oferece novos serviços

TCP Log inicia movimentação de equipamentos destinados à fábrica de celulose da Fibria no Mato Grosso do Sul

TCP investe em ampliação da frota de veículos

Gestão de Fluxos garante confiabilidade na operação Porta a Porto da TCP

APM comemora 37 anos

TCP Log recebe carga projeto de 120 toneladas

Acesse também

Twitter - http://twitter.com/roseli_abrao

Facebook - http://www.facebook.com/blog.roseliabrao

RSS Feeds - http://roseliabrao.com/rss/

Coluna

Rossoni derruba sessão e irrita deputados

CEI do “xerox” não pode ser uma caça às bruxas

Erro do TRE dá sobrevida a Bernardo Carli

Ghignone aposta na vitória de Ducci

Beto não assume compromisso com emendas ao orçamento

Publicidade


Publicidade

A 1ª em aluguel de Livros com entrega em domicilio e Venda de Livros Usados em Curitiba

Telefones para contato:
(41) 3367-2466 / 3367-3544


Copyright © roseliabrao.com | 2011

Blog | Coluna | Em pauta | Roseli Abrão | Equipe | Contato | Topo do site